Empresas procuram colaboradores da era digital

Com o decorrer da pandemia, as organizações perceberam que as competências digitais são fundamentais para o futuro e apostam cada vez mais em recursos humanos que os podem ajudar a acelerar a transformação digital

Empresas procuram colaboradores da era digital

Um estudo recente do The Valley Talent, uma empresa especializada em perfis digitais, revela que, em resultado da pandemia, as grandes empresas mudaram a sua política de recrutamento de talentos para cargos intermédios e de gestão para fortalecer as suas estratégias de transformação digital.

Tendo em conta a importância das competências digitais para o negócio, a nova estratégia de contratação para cargos de prestação de contas de nível médio e alto exige competências digitais avançadas. Isto é uma resposta à necessidade das organizações, que devido à pandemia, necessitam de recursos humanos que se adaptem a situações de incerteza e de mudança.

Como os responsáveis por esta investigação têm visto, esta capacidade depende em grande medida do grau de digitalização da empresa e, portanto, também das competências digitais dos colaboradores com algum grau de responsabilidade. Até agora tem-se falado muito sobre a formação digital de trabalhadores, mas agora as organizações estão focadas na contratação de perfis especializados em estratégia e transformação digital, marketing, tecnologia, canais, inovação de dados e cibersegurança.

Perante esta mudança de rumo, os gestores destas empresas dizem precisar de ajuda para identificar os perfis profissionais que os possam ajudar a acelerar a transformação digital. Como explica Miriam López, CEO e Partner do The Valley Talent, "quer focando os recursos digitais na transformação do ambiente de trabalho presencial num ambiente remoto, quer utilizando a criatividade e a capacidade inovadora de se reinventar, os perfis profissionais orientados para a inovação e a transformação digital desempenham um papel cada vez mais necessário".

O relatório afirma ainda que "a crescente procura de perfis de cibersegurança, dados e arquitetura é uma evidência. Cada vez mais empresas apostam no fortalecimento destas equipas internamente e na antecipação de riscos futuros. Além disso, os perfis de canais digitais e analíticos também estão a viver um crescimento exponencial, uma vez que permitem uma maior aproximação e conhecimento do consumidor final. Trata-se de ter empresas competitivas no mercado, oferecer o que os clientes exigem, e ser ágil para se adaptar a uma realidade em mudança".

Os líderes das empresas consultadas concordam que a pandemia acelerou o processo de mudança para o digital, uma vez que as empresas com mais capacidade de operar através dos canais digitais conseguiram superar os desafios da crise. E acreditam que, no futuro, esta capacidade será um fator chave para a sobrevivência do negócio, pelo que precisam de ter colaboradores preparado para trabalhar em ambientes digitais e liderar as suas equipas com toda a preparação necessária.

Além disso, a maioria está convencida de que devem trabalhar não só no recrutamento de pessoal bem qualificado, mas no reforço do talento interno, através de planos de formação, que devem ser apoiados pelo pessoal responsável por cada departamento. Assim, não devem apenas apoiar os colaboradores, mas fomentar uma cultura de formação constante dentro da organização, que lhes permitirá continuar a avançar com um passo firme rumo ao futuro.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 28 Novembro 2020

IT INSIGHT Nº 28 Novembro 2020

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.