Senado dos EUA ameaça tecnológicas

Senadores norte-americanos estão a ameaçar o Facebook e a Apple. Ou as empresas permitem que as forças de segurança tenham acesso à encriptação, ou passam a ser reguladas

Senado dos EUA ameaça tecnológicas

O sistema político dos Estados Unidos deixou clara a sua frustração com a recusa das empresas de tecnologia em fornecer um backdoor à encriptação das organizações para aplicação da lei.

Durante uma audiência no Comité Judiciário do Senado dos EUA, os senadores democratas e republicanos mostraram uma rara demonstração de unidade quando exigiram que as empresas de tecnologia abrissem a sua encriptação às forças de segurança. Os senadores acusaram as tecnológicas de "blindagem de criminosos".

De acordo com a Reuters, as empresas de tecnologia foram novamente apontadas pelos senadores norte-americanos, depois de questionarem executivos da Apple e do Facebook sobre a tecnologia.

Os senadores ameaçam regular as tecnológicas, a menos que as empresas tornem os dados encriptados dos utilizadores acessíveis às forças de segurança, informou a Reuters. Os senadores citaram casos de abuso infantil e tiroteio em massa nos quais a encriptação bloqueou o acesso a provas importantes e investigações frustradas.

A Austrália, em dezembro de 2018, fez uma mudança significativa na privacidade online depois de aprovar uma lei que exige que os gigantes da tecnologia concedam à polícia acesso aos dados criptografados, nos casos em que possam estar vinculados a atividades criminosas.

Tags
Notícias relacionadas

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 23 janeiro 2020

IT INSIGHT Nº 23 janeiro 2020

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.