Plataforma pretende monitorizar bens essenciais em Portugal

Para ajudar durante este Estado de Emergência, a Feralbyte desenvolveu uma plataforma que procura dar resposta a várias questões que se prendem com a disponibilidade de bens essenciais nos supermercados nacionais

Plataforma pretende monitorizar bens essenciais em Portugal

No momento em que sair de casa é um ato criteriosamente planificado, saber que superfície comercial tem ainda os alimentos essenciais à família tornou-se uma necessidade de todos os portugueses, designadamente em aglomerados urbanos. 

Quem sai de casa para abastecer a dispensa da família desconhece o estado dos acessos controlados ao supermercado, desconhece quanto tempo demorará a entrar no supermercado, desconhece se, após aceder ao supermercado, vai encontrar na prateleira os bens essenciais de que necessita para este período de isolamento social. 

Partindo destas circunstâncias únicas, a Feralbyte desenvolveu, em parceria com investigadores do Centro de Investigação em Ciências Geo-Espaciais (CICGE – UPorto|ISMAI), uma plataforma que procurará dar resposta a estas perguntas e ajudar o cidadão a gerir de forma mais eficaz as suas deslocações às superfícies comerciais na sequência do Estado de Emergência entretanto anunciado. 

Segundo Hugo Freire da Feralbyte, “esta é uma plataforma colaborativa que resulta na inserção de informação de cada utilizador que, sempre que se desloca a um supermercado, pode registar os bens existentes, ou não. Esses dados são disponibilizados automática e gratuitamente na plataforma sos-covid.com, podendo inclusivamente ser validados e atualizados por outros utilizadores e/ou responsáveis pelo supermercado”. 

A plataforma foi lançada na última semana e continua a melhorar as suas funcionalidades para melhor se ajustar aos seus utilizadores, cujo envolvimento é essencial ao partilhar a sua experiência de deslocação a cada supermercado, atualizando a plataforma sos-covid.com com dados relevantes a toda a comunidade, de forma a melhor gerir o seu dia-a-dia nestes dias desafiadores a todas as famílias. 

Os próximos passos passam por estender a plataforma a outros países e ao setor farmacêutico, envolvendo as grandes cadeias de retalho para a disponibilização e validação da informação partilhada, que poderá passar por atualização de horários de funcionamento e duração prevista para acesso ao supermercado.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 26 Julho 2020

IT INSIGHT Nº 26 Julho 2020

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.