Microsoft ameaça cortar acesso a dados de ferramentas de pesquisa baseados em IA

Pelo menos duas entidades utilizaram o índice de pesquisa do Bing para alimentar os seus chatbots à base de inteligência artificial. Mecanismo de pesquisa atualizado foi lançado em fevereiro

Microsoft ameaça cortar acesso a dados de ferramentas de pesquisa baseados em IA

A Microsoft ameaçou cortar o acesso a dados de pesquisa na internet, que serve para licenciar os motores de pesquisa rivais, caso estes não parem de utilizar os mesmos como base dos seus próprios chatbots, geridos por meio de inteligência artificial.

De acordo com a Bloomberg, que cita a empresa, pelo menos dois dos seus clientes utilizaram o índice de pesquisa do Bing para alimentar as suas ferramentas de chatbot com base em IA, o que viola os termos do contrato. 

A empresa pondera mesmo acabar com as licenças que permitem o acesso ao seu índice de pesquisa. 

Recorde-se que este mecanismo de pesquisa atualizado foi lançado no final de fevereiro. Na altura, o fabricante do sistema operacional Windows revelou que se encontrava a reformular, com recurso à inteligência artificial, o motor de pesquisa Bing e o Edge.

À IT Insight, a Microsoft afirmou que tem “estado em contacto com os parceiros que não estão em conformidade, à medida que continuamos, de forma consistente, a aplicar os nossos Termos e Condições. Continuaremos a trabalhar diretamente com eles e a disponibilizar a informação que necessitem para encontrar um caminho de futuro”.

 

Artigo atualizado às 12h57 de 28 de março com declaração da Microsoft

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 50 Julho 2024

IT INSIGHT Nº 50 Julho 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.