Mercado de redes privadas deverá atingir 109 mil milhões de dólares até 2030

Do mercado de redes privadas, as receitas de serviços profissionais deverão contribuir com 47 mil milhões de dólares para o total do mercado até 2030

Mercado de redes privadas deverá atingir 109 mil milhões de dólares até 2030

O mercado global de redes privadas dentro das verticais empresariais deverá atingir os 109 mil milhões de dólares até 2030. Os dados, de um novo estudo da ABI Research - The Role of 5G for Enterprise ICT Transformatiion - , incluem a rede de acesso a rádio, implementações edge e core e receitas de serviços profissionais, que por si só contribuirão com 47 mil milhões de dólares (44%) para o mercado em 2030.

"Estes números contam essencialmente duas histórias", explica Leo Gergs, Senior Analyst for Enterprise Connectivity and 5G Markets na ABI Research, “a primeira é que ilustram a imensa oportunidade de cellular conectivity dentro das verticais empresariais. A segunda é que a elevada percentagem de serviços profissionais indica que levar o 4G e o 5G às empresas requer significativamente mais do que apenas fornecer uma rede privada", pelo que, segundo a ABI Research, o panorama tecnológico no seio das empresas está particularmente fragmentado.

"As empresas têm uma panóplia de tecnologias de conectividade à mão – veja-se wi-fi, Bluetooth ou Zigbee, por exemplo. Esperar que a private cellular apareça e elimine todas estas tecnologias ao mesmo tempo vai continuar a ser um sonho das empresas de telecomunicações. A indústria de telecomunicações precisa de acordar para a realidade e entender que isso não vai acontecer", afirma Leo Gergs.

Assim, a ABI Research indica que a indústria de telecomunicações precisa de trabalhar aprofundadamente o papel de enterprise celular dentro da abundância de tecnologias de conectividade empresarial para trabalhar os seus pontos de venda únicos. De acordo com Leo Gergs, "Honestamente, as empresas não se importam se estão a implementar tecnologias 4G, 5G, 6G ou mesmo não cellular no seu site. O que lhes preocupa, principalmente, é saber se os seus pontos específicos de dor são ou não abordados". 

Nesse sentido, a ABI Research afirma que a indústria de telecomunicações precisa de avançar para a disponibilização de soluções de nível empresarial como um serviço – algo que fornecedores chineses como a Huawei e a ZTE têm vindo a fazer com sucesso há algum tempo, explicam. 
Assim, 2022 promete, indica a ABI Research, ser uma no crucial para as empresas 5G. Leo Gergs conclui que “ou vamos assistir aos primeiros passos longe de tentativas, testbeds, PoC deployments até ao final do ano, ou o caminho para uma empresa 5G tornar-se-á cada vez mais difícil. Um passo crucial será o surgimento de dispositivos de qualidade empresarial que abordam os requisitos-chave para servir casos particulares de uso".

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 49 Maio 2024

IT INSIGHT Nº 49 Maio 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.