Investimentos digitais são solução para garantir crescimento sustentável

A Gartner destacou três estratégias para usar as tecnologias de forma que estas contribuam para o desenvolvimento das empresas: a revolução do trabalho, o investimento responsável e a cibersegurança resiliente

Investimentos digitais são solução para garantir crescimento sustentável

Com os olhos postos no crescimento sustentável, a Gartner defende que os CIO e os executivos da área das IT devem aproveitar os investimentos digitais que culminem em resultados financeiros e de desempenho de uma forma eficiente e responsável.

De acordo com os analistas da Gartner, os CIO devem concentrar-se em três estratégias para utilizar as IT para o crescimento sustentável: a revolução do trabalho, o investimento responsável e a cibersegurança resiliente.

A revolução do trabalho

A Gartner identificou três forças multiplicadoras em que os CIO se devem focar para ajudar a sua empresa a ser um empregador de eleição:

  • Atrito no trabalho: O atrito surge quando o trabalho é desnecessariamente árduo. Isto é: o desempenho e retenção de funcionários está ligado aos pontos de atrito que existem numa organização;
  • Investir no aumento da inteligência artificial: O foco das empresas deve estar no impacto da sustentabilidade. A utilização de inteligência artificial por parte dos trabalhadores poderá ajudá-los a alargar o seu alcance e as capacidades pretendidas;
  • Não ter medo do início do Hype Cycle: A tecnologia é o novo foco da cultura corporativa, com realidades como o intraverso – um escritório virtual que incorpora tecnologias do metaverso – que agrega os trabalhadores em encontros para se conectarem, colaborarem e inovarem. Desta forma, as organizações que estejam dispostas a usar tecnologias, mesmo que ainda estejam no início do Hype Cycle, vão atrair talento.

Investimento responsável

O investimento responsável incorpora não só o crescimento sustentável, mas também o retorno financeiro que é capaz de gerar. Para isso, existem três forças que ‘trabalham’ em prol deste retorno:

  • Intelligent connected infrastructure (ICI): A ICI combina inteligência artificial, IoT, cloud, analytics e edge computing para partilhar dados e informação. Pode ser responsável pelo aumento do crescimento das cidades e dos negócios, uma vez que ‘dá voz’ à infraestrutura;
  • Leverage autonomous sourcing: É uma força multiplicadora porque aumenta a eficiência e melhora a sustentabilidade, com recurso a inteligência artificial e NLP para permitir a oferta de uma gama mais vasta de fornecedores;
  • Reduzir o uso de energia: A “base load” detém a informação sobre a quantidade de energia que a empresa consumiu. Ao instalar um EMOS – sistema de energia e otimização – consegue reduzir o consumo de energia ao tomar decisões com base em dados reais. A IA e a ML, quando combinadas, podem reduzir os custos de energia e conseguir ganhar dinheiro com a venda de energia.

Cibersegurança resiliente

De acordo com Paul Proctor, Distinguished VP Analyst at Gartner, que apresenta dados de um inquérito da consultora, as organizações precisam de começar a olhar para a cibersegurança sustentável como um risco que “precisa de novos tipos de investimento”.

A longo termo, a Gartner identificou três forças com vantagens competitivas para as organizações:

  • Gerir a superfície de ataque: Ao usar a gestão de superfície de ataque externo, as empresas conseguem descobrir os ativos vulneráveis;
  • Proteger os resultados e os clientes: Ao identificarem quais são as suas maiores dependências tecnológicas, as organizações conseguem priorizar os seus resultados mais importantes. Desta forma, as empresas conseguem perceber quais os sistemas que contribuem para o crescimento sustentável;
  • Usar métricas orientadas para os resultados e para os níveis de proteção: Os protection-level agreements permitem que as organizações decidam sobre o seu nível de segurança e o quanto querem gastar nesta questão. A Gartner defende que as empresas devem tentar apurar dados ao nível da proteção e da obtenção de resultados e não investir na implementação de ferramentas.
Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 40 Novembro 2022

IT INSIGHT Nº 40 Novembro 2022

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.