Formação pretende gerar mais de um milhão de euros em salários anuais

A ITUp abriu vagas para o bootcamp que terá lugar na ilha Terceira, nos Açores, para formação de programadores em OutSystems. O Governo Regional dos Açores fez um investimento de 300 mil euros

Formação pretende gerar mais de um milhão de euros em salários anuais

A formação de programadores em OutSystems, feita pela ITUp, nova parceira do Governo Regional dos Açores na Terceira Tech Island 2019, pretende criar 60 novos postos de trabalho na região, gerando um aumento salarial anual potencial superior a um milhão de euros.

OutSystems é uma ferramenta de desenvolvimento rápido de aplicações de software (low code). A formação nesta plataforma alternativa às tradicionais linguagens de programação traz um conjunto alargado de vantagens para os formandos, segundo explica Luís Campos, CEO da ITUp, e “contribuirá de forma decisiva” para o principal objetivo deste bootcamp intensivo de programação: transformar a ilha Terceira num centro de empresas tecnológicas.

“A OutSystems permite aos programadores desenvolver aplicações web e mobile de forma mais rápida e simples do que as tradicionais linguagens de programação e codificação, caracterizadas pela sua complexidade e elevado nível de abstração. Integrando, numa única plataforma, soluções de programação e de inteligência artificial, esta tecnologia torna possível desenhar desde complexos sistemas de suporte à produção até aplicações internas para colaboradores ou clientes”, começa por explicar Luís Campos.

O público-alvo desta formação são residentes nos Açores, preferencialmente, com formação em engenharia e matemática ou cursos profissionais tecnológicos. A formação em OutSystems é gratuita, tem a duração de 12 semanas e arranca no dia 25 de Março de 2019, podendo as candidaturas ser feitas até ao dia 11 de março. Será disponibilizado alojamento gratuito aos formandos que o requisitarem.

Entre as muitas vantagens de uma carreira OutSystems, estão a elevada taxa de empregabilidade, muito perto dos 100 por cento, e os salários acima da média. Segundo o Salary Survey 2019, levado a cabo pela consultora Robert Walters, um programador OutSystems, com dois a cinco anos de experiência, aufere em média entre 25 e 40 mil euros anuais.

“Desde 2016, a ITUp formou 1134 pessoas em OutSystems, por todo o mundo, e criou 180 novos empregos. Temos uma taxa de empregabilidade de 98,8%, um número muito atrativo para qualquer pessoa que pretenda seguir a área da programação”, afirma Luís Campos.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 17 Janeiro 2019

IT INSIGHT Nº 17 Janeiro 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.