Grupo Lusíadas Saúde conta com DXC para levar analítica até ao centro da tomada de decisão

A solução Azure Synapse da Microsoft permitiu ao grupo de saúde aumentar a capacidade dos seus sistemas no que diz respeito à capacidade de memória e ao processamento de dados, fundamentais no processo de gestão clínico

Grupo Lusíadas Saúde conta com DXC para levar analítica até ao centro da tomada de decisão

Posicionado como um grupo de referência no setor da saúde em Portugal, o Grupo Lusíadas Saúde assumiu o compromisso de apostar numa tecnologia mais avançada sempre com o foco no doente.

Devido ao elevado nível de exigência na tomada de decisão no processo de um ato clínico, na operação de um hospital ou na administração de um grupo de saúde, é crucial criar uma plataforma analítica que forneça respostas ágeis para estes desafios.

Para ir ao encontro de um processo clínico mais eficiente, a informação de saúde deve ser integrada nos equipamentos médicos para ser posteriormente analisada e utilizada como suporte à decisão clínica. As soluções de analítica são uma ferramenta para a gestão de uma unidade hospitalar, com os dados a serem canalizados para análise e disponibilizados depois aos profissionais através de dashboards. A integração destes dados no data warehouse, em tempo real, é outro dos requisitos aplicados, por exemplo, aos dashboards das urgências que mostram aos profissionais de saúde, em tempo real, o processo de atendimento do doente.

O desafio

O Grupo Lusíadas Saúde possuía uma arquitetura tradicional on-premises, baseada em software Microsoft. O data warehouse assentava em Microsoft Analytics Platform System (APS), conhecida como Microsoft Parallel Data Warehouse (PDW).

Com o aumento da procura de dashboards, os sistemas passaram a ficar sujeitos a uma maior exigência e pressão, quer ao nível da capacidade de memória, quer ao nível do processamento de dados.

Desta forma, surgiu a necessidade de aumentar a capacidade e substituir o hardware. Devido à descontinuação da solução Microsoft Paralell Data Warehouse (PDW), o Grupo Lusíadas Saúde ponderou numa nova solução que garantisse flexibilidade, escalabilidade, elasticidade e governance de dados.

A solução e a ajuda da DXC

A recomendação da DXC e da Microsoft levou o Grupo Lusíadas Saúde a migrar o ambiente on-premises para o ambiente cloud baseado em serviços Azure, com a Microsoft Paralell Data Warehouse a dar lugar aos serviços Azure Synapse. A gestão complexa da estrutura de um grupo hospitalar, aliada a uma equipa de sistemas analíticos reduzida, levou à entrada em ação da DXC, responsável pela migração do ambiente analítico de on-premises para a Microsoft Azure, com exceção às fontes de dados.

A migração do sistema complexo implicou mais de 150 processos e mais de cem dashboards: na camada de staging, os dados são replicados pelo Qlik Replicator e pelo SQL Replication para uma base de dados SQL Server que se encontra numa máquina virtual Azure; a camada de data warehouse apresentou-se como um desafio para as equipas da DXC, uma vez que a inexistência de um conector entre as tabelas do Integration Services e do Synapse implicou a simulação de conectores com código para migrar dados de mais de 300 tabelas. Após o upload dos dados em Synapse, os dados são carregados no SQL Server Analysis Services. No fim, a camada de business intelligence e analítica avançada é apoiada pelo Microsoft Power BI, que se encontra na cloud Azure.

Em seis meses, a operação do grupo passou a operar a partir de uma realidade baseada em serviços cloud.

“A migração correu de forma célere, organizada, e só tenho a dizer bem do nosso parceiro DXC. Acho que, quando estamos todos no mesmo barco e podemos contar uns com os outros, isso faz diferença no outcome dos projetos”, sublinha Filipe Pereira, Business Intelligence Manager do Grupo Lusíadas Saúde.

Ainda que surjam problemas no decorrer do processo, Nuno Moura Pinheiro, Head of Data & AI da DXC Portugal, considera que “o sucesso das equipas está no seu compromisso e na capacidade em resolver os problemas”. Neste ponto, “a mais-valia da DXC é que conta com o apoio de uma vasta e experiente equipa internacional”, defende.

Resultados são visíveis

Este projeto permitiu ao Grupo Lusíadas Saúde:

  • Reduzir o tempo de manutenção do sistema: Antes, o Microsoft Paralell Data Warehouse garantia manutenções programadas e não programadas, com cada intervenção a demorar, em média, três horas, e um acompanhamento próximo da equipa do Grupo Lusíadas Saúde. A atual solução de Software-as-a-Service traz períodos de manutenção bem definidos e que não impactam a operação da equipa;
  • Escalabilidade e elasticidade: Para aumentar a capacidade era necessário encomendar componentes físicas que implicavam longos tempos de espera. Atualmente, é possível aumentar ou reduzir em poucos minutos a capacidade do atual sistema, permitindo ajustar a capacidade às necessidades de cada momento;
  • Acesso a novas funcionalidades: A cloud oferece novos serviços que podem ser aproveitados para melhorar o serviço ao cliente e diminuir o risco clínico, por exemplo, como é o caso dos serviços data lake, que permitiram integrar informação não estruturada proveniente de equipamento médico, e a utilização dos serviços de Azure Machine Learning para o desenvolvimento de modelos de Inteligência Artificial;
  • Controlo e redução de custos: O Grupo Lusíadas Saúde implementou mecanismos de contrato sobre consumos que alertam quando há desvios. O contrato de três anos com a Microsoft permite ao Grupo ter custos inferiores com os serviços cloud, comparativamente aos que tinha com o mesmo sistema on-premises.

Atualmente, o sistema analítico do Grupo Lusíadas Saúde contribui para o apoio à decisão ao nível dos dashboards, emails de alerta e vários domínios, incluindo consultas, atendimento de urgências, exames médicos, cirurgia, faturação, análise de rentabilidade, comercial, logística, fornecimentos, recursos humanos, análise clínica e KPI e indicadores por especialidade.

Tags

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 48 Março 2024

IT INSIGHT Nº 48 Março 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.