Branded Content

Tecnologia PRIMAVERA é o motor de gestão de referência no setor dos vinhos

Grupo Abegoaria, um dos maiores produtores nacionais de vinho, montou um ecossistema de gestão à medida suportado pelo ERP PRIMAVERA, o que lhe permite ter informação de gestão ao minuto, em qualquer lugar

Tecnologia PRIMAVERA é o motor de gestão de referência no setor dos vinhos

É um grupo que se destaca no setor da produção de vinhos pela quantidade, pela qualidade e pela diversidade. Anualmente produz 20 Milhões de litros de vinho, entre marcas bem conhecidas como Portal de São Braz, Piteira, Maria Ana, Granja Amareleja, Abelharuco ou Fonte da Perdiz.

Para além da produção de vinhos de quase todas as regiões demarcadas, desde o Alentejo, ao Minho, passando pelo Douro, Lisboa, Tejo ou Dão, estando para breve a produção de vinho das regiões do Algarve e dos Açores; no grupo Abegoaria também o azeite tem um papel de destaque, transformando anualmente 8 Milhões de quilos de azeitona, destacando-se ainda a produção de enchidos e queijos.

Com um forte crescimento em 2021, perspetiva-se que o novo ano traga grande aceleração do volume de negócios, particularmente após a recente aquisição da Vidigal Wines, especialista na produção de vinhos da região de Lisboa, que exporta cerca de 90% da sua produção.

Com o negócio a crescer, o grupo está a apostar em tecnologia que garanta solidez dos dados e rapidez de acesso à informação de negócio. 

Gestão integrada, desde a produção à venda

Num grupo constituído por 15 empresas, que produz e gere cerca de 300 SKUs (stock keeping Units) e que apresenta um modelo de produção verticalizada, contemplando todas as etapas do processo produtivo, desde a produção propriamente dita, passando pela transformação, até à venda aos retalhistas, a robustez e a capacidade de integração da tecnologia são fatores críticos e foi precisamente por essa razão que a escolha recaiu sobre a tecnologia PRIMAVERA.

Neste momento, todas as operações de compra de matéria-prima, transformação, embalamento e distribuição são controladas a partir do ERP PRIMAVERA, como forma de garantir solidez da informação.

Desde 2014 que gerimos todo o negócio assente em PRIMAVERA, é neste ERP que está o motor que gera toda a informação de suporte à gestão, desde uma visão mais global e consolidada de grupo até uma visão micro de determinado componente de um produto, integrando informação proveniente de vários sistemas, desde sistema da produção, até sistema de GS1, passando por um sistema de picking e estamos seguros de que a integração da nova empresa irá correr bem”, explica o diretor de sistemas de informação do grupo, Mário Sequeira. 

Rastreabilidade ao longo de todo o processo produtivo

Num grupo que trabalha para a certificação IFS FOOD, a rastreabilidade é absolutamente decisiva.

No ERP PRIMAVERA encontrou rigor na rastreabilidade, que permite ir a um nível de detalhe essencial para garantir o controlo de qualidade desejado. A este propósito, o CEO, Manuel Bio refere “Temos um negócio muito verticalizado, não podemos facilitar. Quando há um problema com um azeite, por exemplo, nós temos de saber a origem do problema e hoje conseguimos ir exatamente à parcela/lote onde está a origem do problema”.

Mobilidade e rapidez no acesso à informação 

Num negócio em que é fundamental o time to market, a informação tem de estar sempre à mão. Por isso, além da solução de reporting PRIMAVERA Office Extensions, de onde são extraídos relatórios de gestão à medida, foi desenvolvida uma aplicação ágil que vai beber os dados ao ERP PRIMAVERA e apresenta uma radiografia completa dos parâmetros que se pretende analisar ao minuto, num tablet ou qualquer equipamento móvel.

Conseguimos desenvolver um agregador da informação, que nos permite ter uma imagem integrada de todo o grupo. Ou seja, neste momento, num tablet a administração consegue ver as vendas das empresas e o status quo de cada uma das empresas ao minuto, em termos de vendas e suas contas correntes com clientes e fornecedores, tudo numa única aplicação” - destaca o diretor de sistemas de informação Marco Sequeira.

Para aumentar ainda mais a capacidade de análise de informação financeira, neste momento está em curso o desenvolvimento de uma aplicação de PNL (profit and loss) alimentada pelo ERP PRIMAVERA, que permitirá ao Board ter informação precisa ao minuto sobre todos os custos e proveitos das diversas empresas do grupo.

A trajetória digital já começou há vários no Grupo Abegoaria e não se prevê que pare tão cedo. Neste momento está em curso a implementação de uma solução de gestão documental, que irá eliminar por completo a circulação de papel na instituição, e para 2022 está já pensada a migração para a mais recente versão das soluções PRIMAVERA.

Conheça em pormenor este caso de sucesso de transição digital com as soluções de gestão PRIMAVERA.

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext e pela Primavera

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 39 Setembro 2022

IT INSIGHT Nº 39 Setembro 2022

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.