Eye Peak da Primavera: a jornada para a “transformação do negócio”

As “Business Talks” promovidas pela Primavera tiveram a Logística como última protagonista. Os participantes puderam conhecer a solução WMS Eye Peak e o testemunho da Condi, empresa portuguesa que adotou esta solução

Eye Peak da Primavera: a jornada para a “transformação do negócio”

“É preciso ter uma empresa inteligente”, começou por dizer Hernâni Andrés, Manager Corporate Business da Primavera. E é precisamente esse o caminho que se pretende com a solução Wharehouse Management System (WMS) da Primavera, o Eye Peak – uma solução que sofistica os processos logísticos e lhes acrescenta inteligência.

A jornada é, segundo Hernâni Andrés, mais do que rumo à “transformação digital”, rumo à “transformação do negócio”, e o responsável garante que “a maior fatia” dos 2,5 milhões de euros investidos na “versão 10” da Primavera “foi em tecnologia e na área logística do ERP”.

Daniel Baptista, Business Developer da Primavera, acrescentou a ideia de uma empresa dever ter os seus processos “suportados em tecnologia, mas sobretudo em processos de negócio”. “Conseguir entregar o mesmo ou maior valor, mas com menos custos” é o objetivo que se pretende que as empresas consigam com a ajuda do Eye Peak.

A solução WMS da Primavera está em pleno funcionamento nos armazéns da empresa portuguesa Condi desde janeiro de 2019. Chegou pela mão da Remarkable Fields, cujo responsável Operacional, Carlos Machado, refere ter-se defrontado, em conjunto com a Condi, com uma "escolha simples", já que a empresa já utilizava software da Primavera e a integração do Eye Peak estava facilitada.

Passado menos de um ano já é possível observar, segundo António Tavares, Diretor Logístico da Condi, mais produtividade, maior controlo de stock, diminuição de erros, melhor organização do armazém, e assinala-se também uma diminuição das devoluções. “O que nos falta agora é [integrar] a parte analítica”, assinala António Tavares, já que ainda não houve tempo para incorporar todas as potencialidades do Eye Peak, estando a integração a acontecer a um ritmo ponderado, de acordo com as necessidades da Condi.

No evento, houve ainda a oportunidade para se conhecer em primeira mão a mais recente novidade da Condi: gelatinas prontas a comer, que estão prestes a chegar aos supermercados. O processo logístico associado a esta nova produção também terá a solução da Primavera como aliada.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 22 novembro 2019

IT INSIGHT Nº 22 novembro 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.