As tendências estratégicas em engenharia de software

A Gartner identificou as cinco principais tecnológicas estratégicas em engenharia de software não só para 2024, como para os próximos anos

As tendências estratégicas em engenharia de software

A Gartner anunciou as cinco principais tendências tecnológicas estratégicas em engenharia de software para 2024 e os próximos anos. Cumprir os objetivos de negócios é um dos três principais objetivos de desempenho para 65% dos líderes de engenharia de software, de acordo com uma pesquisa da Gartner com 300 líderes de equipas de engenharia de software e desenvolvimento de aplicações nos EUA e no Reino Unido durante quarto trimestre de 2023.

Ao investir em tecnologias disruptivas, os líderes de engenharia de software podem capacitar as suas equipas para atingir os objetivos de negócios em termos de produtividade, sustentabilidade e crescimento.

As tendências tecnológicas identificadas pela Gartner já estão a ajudar os early adopters a alcançar os objetivos de negócios”, explicou Joachim Herschmann, VP Analyst da Gartner. “Estas ferramentas e práticas disruptivas permitem que as equipas de engenharia de software forneçam aplicações escaláveis e de alta qualidade alimentados por IA, ao mesmo tempo que reduzem o trabalho e o atrito no ciclo de vida de desenvolvimento de software (SDLC), melhorando a experiência e a produtividade do developer”.

As cinco tendências são inteligência de engenharia de software, desenvolvimento aumento por Inteligência Artificial (IA), engenharia de software verde, engenharia de plataforma e ambientes de desenvolvimento cloud.

As plataformas de inteligência de engenharia de software fornecem uma visão unificada e transparente dos processos de engenharia que ajuda os líderes a compreender e medir não apenas a velocidade e o fluxo, mas também a qualidade, a eficácia organizacional e o valor comercial. A Gartner prevê que até 2027, 50% das organizações de engenharia de software vão utilizar plataformas de inteligência de engenharia de software para medir e aumentar a produtividade dos developers, em comparação com 5% em 2024.

Os líderes de engenharia de software precisam de uma maneira económica de ajudar as suas equipas a criar software com mais rapidez. De acordo com a pesquisa da Gartner, 58% dos inquiridos disseram que a sua organização está a utilizar ou planeia utilizar IA generativa nos próximos 12 meses para controlar ou reduzir custos. O desenvolvimento aumentado por IA é a utilização de tecnologias de IA, como IA generativa e machine learning, para ajudar os engenheiros de software a projetar, criar código e testar aplicações. As ferramentas de desenvolvimento aumentadas por IA integram-se ao ambiente de desenvolvimento de um engenheiro de software para produzir código de aplicações, permitir a transformação do design em código e melhorar os recursos de teste de aplicações.

A engenharia de software verde é a disciplina de construção de software que é eficiente e consciente em termos de carbono. Construir software verde envolve fazer escolhas energeticamente eficientes para arquitetura e padrões de design, algoritmos, estruturas de dados, linguagens de programação, tempos de execução de linguagem e infraestrutura. A Gartner prevê que, até 2027, 30% das grandes empresas globais vão incluir a sustentabilidade de software nos seus requisitos não funcionais, em comparação com menos de 10% em 2024.

A engenharia de plataforma reduz a carga cognitiva dos developers, oferecendo recursos subjacentes através de portais internos de desenvolvimento e plataformas que várias equipas de produtos podem utilizar. Estas plataformas fornecem uma estrada atraente para o desenvolvimento de software, o que economiza tempo para os developers e melhora a sua satisfação no trabalho. A Gartner prevê que, até 2026, 80% das grandes organizações de engenharia de software vão estabelecer equipas de engenharia de plataforma, em comparação com 45% em 2022.

Os ambientes de desenvolvimento na cloud fornecem acesso remoto e acesso pronto para utilizar a um ambiente de desenvolvimento hospedado na cloud com esforço mínimo para instalação e configuração. Esta dissociação do espaço de trabalho de desenvolvimento da estação de trabalho física permite uma experiência consistente e de baixo atrito e uma integração mais rápida do developer.

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 49 Maio 2024

IT INSIGHT Nº 49 Maio 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.