SAS investe mil milhões de dólares em inteligência artificial

O investimento feito pela SAS foca-se em duas áreas principais: Investigação e Desenvolvimento e Educação. Investimento será feito ao longo dos próximos três anos

SAS investe mil milhões de dólares em inteligência artificial

Com o objetivo de impulsionar o futuro da Analítica, o SAS anunciou que vai investir, nos próximos três anos, mil milhões de dólares em Inteligência Artificial (IA), através da inovação do software, educação, serviços especializados, entre outras coisas.

Este compromisso baseia-se na já sólida base que o SAS possui em IA, incluindo analítica avançada, machine learning, processamento de linguagem natural (PLN) e visão computacional. Os programas educacionais e os serviços especializados vão habilitar os líderes de empresas e os cientistas de dados para o futuro da IA, com a tecnologia, competências e apoio necessários para transformar as suas organizações.

“No SAS, continuamos dedicados aos nossos clientes e ao seu sucesso, e este investimento é mais um exemplo desse compromisso”, explicou Jim Goodnight, CEO do SAS. “Com as nossas capacidades inovadoras em IA, o SAS ajuda as empresas a impedir fraudes prejudiciais, a combater doenças mortais, a gerir melhor os riscos, a oferecer serviços irrepreensíveis aos clientes e aos cidadãos e muito mais”.

O investimento de mil milhões de dólares em IA será aplicado em duas áreas principais: Investigação e Desenvolvimento (R&D, na sigla em inglês), onde o SAS continua a basear-se para o sucesso dos seus esforços globais em IA e iniciativas de educação que vão ao encontro das necessidades do cliente para melhor entender e tirar partido da IA.

O SAS está a investir em R&D em todas as áreas centrais da IA, concentrando-se em proporcionar a mesma experiência a todos os seus utilizadores, independentemente do seu nível de competência - desde especialistas em negócios a engenheiros de dados e cientistas de dados. O SAS está a incorporar recursos de IA na Plataforma SAS e soluções para gestão de dados, customer intelligence, fraude e segurança e gestão de risco, assim como aplicações para setores como serviços financeiros, governo, saúde, manufacturing e retalho.

“O motivo pelo qual o SAS está, nos últimos cinco anos, no topo da lista de receitas de análise avançada tem a ver com o facto das soluções SAS serem baseadas no machine learning e no profundo conhecimento da analítica. Isto faz parte do ADN do SAS”, afirmou Dave Schubmehl, Diretor de Pesquisa de Inteligência Artificial da IDC. “Combinar o conhecimento e a tecnologia do SAS com o seu esforço contínuo para inovar numa visão computacional, no processamento de linguagem natural e numa aprendizagem profunda impulsionará a adoção da IA em vários setores. E isto com certeza que ajudará as empresas interessadas em IA - seja no início do seu ciclo de vida de IA e analítica, seja numa fase de maior maturidade”.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 19 Maio 2019

IT INSIGHT Nº 19 Maio 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.