Indra apresenta solução de bilhética contactless para transportes públicos

A Indra apresentou no “Tercer Congreso Trenes y Metro 2018”, Chile, a sua oferta para o mercado de transportes, onde apostou pelas tecnologias de bilhética multimodal sem contacto como uma das soluções mais inovadoras que se podem utilizar atualmente no mercado para o pagamento de transportes públicos

Indra apresenta solução de bilhética contactless para transportes públicos

As cidades vivem atualmente uma mudança de paradigma que está a potenciar uma evolução positiva nos sistemas de transportes públicos, e esta mudança deve-se à necessidade de melhorar a experiência dos cidadãos num contexto de transformação digital.

José Ignacio Magro, responsável pelo Programa de Transportes Urbano e Interurbano da Indra para a América Latina, destacou neste a importância de nos adaptarmos à nova realidade das cidades, onde se vive atualmente uma mudança de paradigma que “está a forçar uma evolução positiva nos seus sistemas de transportes públicos”. Esta mudança, surge pela necessidade de melhorar a experiência dos cidadãos num contexto de transformação digital, permite, por exemplo, passar do tradicional conceito “Transporte” ao de “Mobilidade”, ou de “Passageiro” a “Utilizador”.

O responsável da Indra destacou que o novo leque de soluções tecnológicas desenvolvidas pela empresa, tais como cartões inteligentes RFID, dispositivos com NFC, cartões bancários EMV, códigos QR seguros, e-cards e pagamentos com o telemóvel, “são os principais atores de uma transformação que está a melhorar significativamente  a facilidade de acesso aos transportes e a rapidez na requisição e pagamento do serviço”.

De acordo com José Ignácio Magro, os sistemas de bilhética multimodal sem contacto são soluções tecnológicas que permitem aos utilizadores o pagamento de diferentes meios de transporte, como metro, autocarro, comboio, elétricos, etc., com um único dispositivo que, ao ser sem contacto, agiliza o pagamento e aumenta a comodidade. Por sua vez, para as entidades gestoras da mobilidade de uma cidade, estes sistemas permitem, uma gestão integrada do transporte e facilitam a interoperabilidade dos sistemas de diferentes operadores.

Outro dos benefícios do uso da tecnologia sem contacto é a redução do consumo de papel e as necessidades de manutenção, o que a converte numa solução mais eficiente e sustentável. Também contribui para a redução da fraude e melhora o planeamento e a gestão da rede de transportes públicos, por dispor de uma maior informação da utilização dos diferentes serviços.

Ao promover serviços de transporte urbano integrado e oferecer um serviço mais atrativo aos cidadãos, estes sistemas contribuem para aumentar o número de utilizadores dos transportes públicos, favorecendo uma mobilidade mais segura, eficiente e sustentável, contribuindo para a redução dos congestionamentos de trânsito e os custos implícitos, e minimizando as emissões contaminantes.

A Indra apresentou no Congresso a sua proposta específica para resolver as exigências próprias do negócio e as dos utilizadores dos sistemas de transporte. As suas soluções para os novos canais de carregamento e comunicação têm uma app que permite a funcionalidade de consulta e recarga de cartões sem contacto, e um sitio web para o registo e gestão das contas de utilizador que, também contempla um serviço de CRM e contact center para gestão integral das incidências. A empresa apresentou ainda, o inovador sistema de pagamento sob uma Conta Única. Esta inovação permite o uso de múltiplos tokens de viagem, diferentes opções de cappings (diário, semanal, mensal, etc.), a integração com vários modos de transportes (Park&Ride, taxi, portagens, bicicleta pública, etc.) e a faturação pós-pago via conta bancária ou cartão, entre outros benefícios.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 17 Janeiro 2019

IT INSIGHT Nº 17 Janeiro 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.