IBM anuncia chip de dois nanómetros

Este é o primeiro chip de dois nanómetros e permite abrir avanços significativos em termos de desempenho e eficiência energética no mercado de semicondutores

IBM anuncia chip de dois nanómetros

A IBM anunciou mais uma inovação no design e no processo de semicondutores com o desenvolvimento do primeiro chip do mundo com dois nanómetros (tecnologia de nanosheet). Os semicondutores desempenham um papel crítico em vários domínios, desde a computação, aos dispositivos de comunicação, aos sistemas de transporte e às infraestruturas críticas.

A procura por um aumento do desempenho dos chips e da eficiência energética continua a crescer, especialmente na era da cloud híbrida, da IA e da Internet of Things. A nova tecnologia de chips de 2 nm da IBM ajuda a promover o estado da arte na indústria dos semicondutores, dando resposta a esta crescente procura. Prevê-se que atinja um desempenho 45% superior, ou que consuma menos 75% de energia do que os chips de 7 nm, os mais avançados até hoje.

Os potenciais benefícios destes chips avançados de 2 nm incluem:

  • Quadruplicar a vida útil da bateria do telemóvel, exigindo apenas que os utilizadores carreguem os seus dispositivos de quatro em quatro dias;
  • Reduzir a pegada de carbono dos centros de dados, que representam 1% da utilização global de energiaiii. Mudar todos os seus servidores para processadores baseados em 2 nm poderia reduzir esse número significativamente;
  • Aumentar o desempenho dos computadores portáteis, conseguindo um processamento mais rápido das aplicações, uma tradução linguística mais fácil e um acesso mais rápido à Internet;
  • Contribuir para uma deteção mais rápida de objetos e de tempo de reação em veículos autónomos.

"A inovação da IBM refletida neste novo chip de 2 nm é essencial para toda a indústria de semicondutores e TI", afirmou Darío Gil, SVP e Diretor da IBM Research. "É o resultado da abordagem da IBM em procurar endereçar desafios tecnológicos complexos e uma demonstração clara de como estes avanços podem resultar de investimentos sustentados e de uma estratégia colaborativa do ecossistema de I&D".

Esta última descoberta baseia-se em décadas de liderança da IBM na inovação de semicondutores. Os esforços de desenvolvimento de semicondutores da empresa estão baseados no seu laboratório de investigação localizado no Albany Nanotech Complex em Albany, NY, onde os cientistas da IBM trabalham em estreita colaboração com parceiros dos setores público e privado.

Esta abordagem colaborativa da inovação faz da IBM Research Albany um ecossistema líder na investigação de semicondutores e cria várias linhas de inovação, ajudando a responder às exigências de produção e acelerando o crescimento da indústria global de chips.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 31 Maio 2021

IT INSIGHT Nº 31 Maio 2021

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.