IA como ferramenta para redefinir produtividade é uma das tendências

A IA, a IA generativa, o aumento da tendência FemTech são algumas das principais tendências numa era de democratização das tecnologias

IA como ferramenta para redefinir produtividade é uma das tendências

Tecnologias como o cloud computing, o machine learning e a IA generativa têm gerado impacto em quase todos os aspetos da nossa vida.

Werner Vogels, VP & CTO na Amazon.com, apresenta as quatro previsões tecnológicas para 2024.

  • IA generativa torna-se culturalmente consciente: Os modelos de linguagem de grande dimensão que são desenvolvidos com dados culturalmente diversos permitem uma melhor compreensão da experiência humana. 
    O Homem habituou-se a trabalhar com diferentes culturas, logo, contextualiza informações e ajusta a sua compreensão de forma a responder da forma mais adequada possível.
    Com a “explosão” da IA generativa, a cultura vai desempenhar um papel fundamental ao influenciar e definir regras e orientações que servirão para reger comportamentos e crenças das pessoas. Os modelos de linguagem de grande dimensão encontrarão aqui oportunidades para expandir perspetivas e compreender a cultura;
  • Aumento da FemTech: O investimento nos cuidados de saúde femininos tem aumentado. A abundância de dados permite um diagnóstico mais apurado e detalhado. Nos EUA, as mulheres gastam mais de 500 mil milhões de dólares por ano em cuidados de saúde. São responsáveis por 80% das decisões de consumo ao nível dos cuidados de saúde. À medida que este mercado ganha força, as empresas FemTech vão contribuir para alterar paradigmas. Os modelos de cuidados híbridos irão permitir o acesso crescente das mulheres aos serviços de saúde, através de plataformas médicas online, disponibilidade dispositivos de diagnóstico de baixo custo e acesso a profissionais médicos;
  • Assistente de IA redefine produtividade dos programadores:  Os atuais assistentes de IA vão ser capazes não só de compreender e escrever código, como também de formarem, transformando-se eles próprios em professores que prestam apoio ao longo do ciclo de desenvolvimento de software. Serão capazes de explicar sistemas complexos numa linguagem simples, sugerir melhorias específicas e assumir tarefas repetitivas. 
    Os programadores poderão assim concentrar-se no trabalho criativo para impulsionar a inovação e as próprias equipas de engenharia tornar-se-ão mais produtivas, com o desenvolvimento de sistemas de maior qualidade e encurtamento de ciclos de vida de lançamento de software;
  • A educação evolui para acompanhar a inovação tecnológica: A previsão a de que surjam programas de formação baseados nas competências da indústria, com uma mudança para uma aprendizagem contínua que visa beneficiar tanto indivíduos como empresas.
    Apesar de os cursos de aprendizagem continuarem a crescer, agora são já as próprias empresas a começar a investir em educação com base em competências de grande escala, de forma contínua e no local de trabalho.  Em muitos setores, as previsões apontam para que o impacto da tecnologia ultrapasse os sistemas educativos tradicionais. As oportunidades educativas orientadas para a indústria surgirão para satisfazer as exigências das empresas.
Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 48 Março 2024

IT INSIGHT Nº 48 Março 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.