Avanços em IA generativa vai levar empresas a consolidar tarefas pós-compras

A Gartner estima que 30% das empresas do Fortune 500 vão beneficiar dos avanços de IA generativa para consolidar as tarefas pós-compras numa função unificada virada para o cliente

Avanços em IA generativa vai levar empresas a consolidar tarefas pós-compras

Até 2027, 30% das empresas do Fortune 500 vão consolidar as tarefas de pós-compra – como expansão, serviço, sucesso e renovação – numa função unificada virada para o cliente, indica a Gartner.

A IA generativa promete automatizar uma grande parte das funções dos agentes de atendimento ao cliente, criando capacidade para os colaboradores que vai permitir que os líderes de atendimento e suporte ao cliente experimentem novas abordagens de gestão de talentos.

Para maximizar o valor dos investimentos em inteligência artificial, aumentar a eficiência dos colaboradores e atender à procura de negócios, algumas organizações vão fundir tarefas pós-compra, como o serviço, o sucesso e a renovação, numa única função.

À medida que os limites entre os serviços pós-compra se começam a confundir, os líderes de serviços, vendas e sucesso vão lutar pela propriedade do relacionamento com o cliente”, explica, em comunicado, Emily Potosky, Senior Director, Research, na Gartner Customer Service and Support practice. “Os líderes de serviço e suporte devem agir rapidamente para manter a sua influência e evitar que a sua função seja subsumida por outra”.

A Gartner prevê que os líderes de atendimento e suporte ao cliente também vão ser impactados por leis que podem impactar organizações que têm ambições exclusivamente digitais. Por exemplo, a Gartner acredita que, até 2028, a União Europeia vai definir o “direito a falar com um humano” nas interações com serviços de apoio ao cliente.

A UE tem uma reputação de criar standards no que diz respeito à proteção do consumidor”, afirma Potosky. “Se a UE tomar este passo, as organizações que dependem demasiado de serviços generativos assistidos por IA podem ter de lutar para aumentar a sua oferta de serviços assistidos, apesar de muitos líderes promoverem atualmente a redução de custos de uma estratégia exclusivamente digital”.

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 48 Março 2024

IT INSIGHT Nº 48 Março 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.