UE com mais autoridade sobre ciberatacantes

A União Europeia vai passar a poder impor restrições de viagens e congelar ativos de indivíduos que sejam uma ameaça para o bloco europeu

UE com mais autoridade sobre ciberatacantes

As novas regras que garantem autoridade da União Europeia sobre indivíduos responsáveis por ciberataques vêm no seguimento das preocupações sobre o envolvimento russo nas eleições americanas e envolvimento chinês em roubo de informação pessoal no Reino Unido.

As medidas aprovadas pela União Europeia passam por restrições em viagens e congelamento de ativos. O objetivo é “responder a ciberataques que sejam uma ameaça para a UE” e aplica-se a ciberataques originados fora do bloco europeu.

A mensagem para “governos, regimes e gangues criminais” é clara, diz Jeremy Hunt, secretário dos Negócios Estrangeiros britânico: “junta, a comunidade internacional vai tomar todas as medidas necessárias para garantir o cumprimento da lei e o sistema de regras que permite manter as sociedades seguras”.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 19 Maio 2019

IT INSIGHT Nº 19 Maio 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.