O novo posicionamento da Compuworks

A propósito da nova imagem e novo posicionamento da Compuworks, vamos conhecer um pouco mais sobre esta empresa que já soma mais de duas décadas no mercado nacional. São 22 anos em que se estabeleceu como PME Líder, conquistou Parceiros de topo para assegurar as melhores soluções aos clientes e se tornou reconhecida pelas mais conceituadas marcas de IT em Portugal.

O novo posicionamento da Compuworks

Como surgiu a ideia de criar a Compuworks?

Há vinte anos, já o online e o digital começavam a ter um papel cada vez mais fundamental para as empresas e apercebemo-nos que era ali que estava o futuro. Ambos tínhamos muita experiência profissional em IT (eu vinha da Microsoft e o Paulo da Siemens) e pusemos o nosso know- -how em prática para criar uma empresa que fosse mais do que um prestador de serviços, um Parceiro para as empresas portuguesas.

Foi um trabalho árduo, pois à época, as grandes empresas já tinham os seus fornecedores e muitas PMEs ainda não compreendiam a importância do IT. Foi uma mudança gradual de mentalidades. Mas com o sucesso do nosso trabalho e com cada vez mais empresas satisfeitas, os clientes foram fluindo. Com o passar dos anos, as empresas começaram a perceber a necessidade dos serviços de IT e que já não podiam competir nos seus setores sem eles. Começaram também a perceber a importância de ter um bom Parceiro/ fornecedor nessa área, porque é cada vez mais nevrálgica para a empresa.

Hoje, uma empresa pode funcionar sem um espaço físico, com colaboradores em todo o mundo, com a capacidade de se ligar 24h por dia e ter os seus data centers a funcionar 100% online, algo que era impensável há 10 ou 20 anos. Isto dá uma agilidade enorme às empresas. É essencial para essas empresas ter alguém que não só assegure a segurança e a manutenção dessa rede, mas também a saiba aconselhar sobre as melhores soluções para continuar a crescer.

O mercado tem muitas empresas com serviços para as grandes e para as pequenas empresas, mas faltam soluções para as de média dimensão (entre 100 a 500 utilizadores), porque muitas vezes estão ali numa zona cinzenta, entre soluções demasiado elaboradas e dispendiosas para a sua realidade ou muito limitadas para as suas necessidades. Especializamo-nos em ser o Parceiro destas empresas, procurando soluções à medida, ajudando-as a modernizarem os seus processos, dentro dos seus objetivos, necessidades e orçamento, para que o IT trabalhe a seu favor.

Num mercado vasto como é o das TI’s, como conseguiram criar uma oferta diferenciada?

 

A resposta mais fácil é pela qualidade de serviço, mas é de facto algo que nos distingue muito, o nível de entrega e empenho da equipa é realmente diferenciador, há um ADN muito próprio que vai sendo passado para todos os novos elementos.

Por exemplo, ao longo dos anos recebemos várias avaliações por parte de clientes que têm a certificação ISO9001, e foi com enorme orgulho que recebemos pontuação máxima em todas elas.

Este ADN não é algo que se desenvolve de um momento para o outro, levou anos a chegar a este nível, e isso só se consegue quando as pessoas sentem que estão a trabalhar numa empresa onde todos contam, que há total honestidade e que trabalhamos todos para o mesmo objetivo. Uma empresa onde sabem que quando ganhamos, todos ganham.

O outro aspeto onde temos uma grande diferenciação é que somos fiéis às Parcerias que temos, ou seja, em todos os fabricantes que apostamos, tudo iremos fazer para ser relevantes. Seja em volume de negócios, seja em certificações e formações, queremos sempre ser o top 3 em todos eles.

Em termos de serviços, prestamos assistência informática para empresas, outsourcing de perfis específicos para colmatar necessidades, mas acima de tudo apoiamos os diretores de IT a implementar e manter os seus departamentos informáticos, fazemos consultoria e auditoria informática, segurança informática, criação de infraestruturas e data centers, renting de equipamento e somos Managed Service Providers, ou seja, ajudamos os nossos Parceiros a gerir a parte de TI da sua empresa, permitindo que este se dedique inteiramente à sua estratégia de negócio.

Comunicaram recentemente os resultados financeiros da empresa, que em 2023 registou um crescimento de 23%, consistente com o desenvolvimento continuado nos últimos três anos, sempre acima dos 20%. Qual o segredo para o sucesso da empresa?

 

O segredo é criar relações de confiança que perduram. Simples, mas não quer dizer que seja fácil de alcançar, pois implica muito trabalho, dedicação e sobretudo cumprirmos aquilo que prometemos.

Os nossos clientes colocam nas nossas mãos o “coração” das suas empresas e como tal precisam de sentir total confiança no seu Parceiro de IT. Apostamos em relações de longa duração, seja com clientes, seja com a nossa equipa ou Parceiros, e isso só é possível com confiança.

O facto de serem os mesmos representantes da Compuworks a acompanhar um cliente durante anos cria não só essa relação de confiança, mas um conhecimento cada vez mais profundo das necessidades dessa empresa, o que faz com que possamos aconselhar e encontrar de forma mais eficaz as melhores soluções sempre que o cliente precisar, às vezes até nos permite antecipar necessidades.

Temos um enorme orgulho na nossa equipa, é graças a eles que conseguimos chegar tão longe e crescer de forma consistente ao longo dos anos. Eles são a nossa maior conquista e é assim que conseguimos criar a rede de Parceiros e clientes forte que temos e que nos permite concretizar a nossa visão de ajudar o trabalho a trabalhar melhor: “we work, IT works”.

Porquê esta nova assinatura “we work, IT works”?

A assinatura retrata a nossa crença de que a tecnologia deve trabalhar a favor da empresa e não ser uma força de bloqueio. Se a Compuworks fizer o seu trabalho, as tecnologias de informação das empresas funcionarão. A nossa assinatura traz consigo essa promessa.

Cada negócio tem as suas particularidades e as soluções não são iguais para todos. O nosso objetivo é exatamente o de encontrar o melhor cenário para cada empresa, para que a tecnologia trabalhe a favor dos seus colaboradores e os ajude a ir mais longe.

Porque quando um email falha, não é só um texto que não segue, pode ser uma proposta que não é submetida a tempo. Se há uma brecha na segurança, pode ter consequências danosas para todo o ecossistema de uma empresa. Ou se uma máquina precisa de manutenção… A Compuworks está lá a tratar de todos estes pormenores, para que as equipas se possam concentrar nas suas tarefas e fazer o negócio avançar.

Porquê o rebranding nesta altura?

Ao longo dos últimos 22 anos, muita coisa mudou. Se em 2002 as tecnologias da informação tinham já um papel muito importante em muitas empresas, hoje arrisco-me a dizer que há pouca margem para erro nas TI. É fácil perceber que toda a estrutura de trabalho de uma empresa está assente na tecnologia, por isso, se ter um bom Parceiro já era importante há duas décadas, hoje pode ser vital. Uma coisa tão simples, como um e-mail falhar, que pode acontecer por diversos fatores, pode ter um grande impacto para uma empresa. A nossa missão é garantir que o trabalho pode trabalhar, antecipando e resolvendo qualquer desafio que possa surgir.

E queríamos que esta forma de estar se refletisse também na marca Compuworks. Hoje não somos só um “nice to have”, mas um Parceiro essencial para ajudar as empresas a crescer, assegurando que o podem fazer da forma mais atualizada, segura, eficaz e mais fiel à essência e necessidade de cada negócio.

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext e pela Compuworks

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 50 Julho 2024

IT INSIGHT Nº 50 Julho 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.