Recessão pode não inviabilizar planos de transformação

De acordo com a Gartner, os líderes da cadeia de valor têm questões quanto à possibilidade de avançar com os seus planos de transformação e se será, além disso, uma necessidade em tempos tão disruptivos

Recessão pode não inviabilizar planos de transformação

Segundo os especialistas da Gartner, com a discussão em torno da recessão a aumentar, o tópico do planeamento de transformação tem ganho importância. Há duas direções que a discussão tende a tomar. Por um lado, o foco está crescentemente centrado na necessidade de desenvolver planos de transformação de forma rápida, e, por outro, que apesar do planeamento ser importante, não há tempo ou dinheiro – ponto que mais preocupa os especialistas.

Nos últimos anos, o planeamento da cadeia de valor tem-se destacado no meio de tanta instabilidade e constrangimentos. Antes da pandemia, o foco de muitas organizações era alcançar vantagem competitiva através da redução de custos e otimização. Com a pandemia, o foco avançou para a construção de resiliência impulsionada pela transformação. 

Em 2021, a Gartner assistiu a uma mudança nas organizações maduras em direção à adaptabilidade e na capacidade de ser suficientemente flexível para mudar para novas prioridades mais urgentes, dadas as crescentes restrições na cadeia de valor. Em 2022, são vários os acontecimentos que estão a fazer nascer uma tempestade económica.  Neste sentido, indicam os especialistas, as organizações precisam de tomar decisões em como gastar os orçamentos e alocar recursos, mantendo-se resilientes, mas, simultaneamente, adaptáveis e ágeis num panorama de mudança constante. 

Tal só é conseguido identificando, avaliando e planeando em avanço para existentes e potenciais constrangimentos. A pressão é, assim, forte no planeamento da cadeia de valor, e está diretamente no centro da capacidade de tomar decisões mais inteligentes, rápidas e precisas. O planeamento deve fornecer a infraestrutura e a capacidade de apoio à eficiência, resiliência e adaptabilidade. 

Com as organizações a avizinharem uma recessão, há uma névoa nos planos de transformação. O investimento em tecnologia continua a ser o foco, mas bons processos devem sustentar este esforço tecnológico. 

Assim, os especialistas aconselham a que, para estar pronto para a recessão, as organizações apoiem a redução de custos e a otimização para dar rápidas respostas, e que incentivem a resiliência para recuperar. A prontidão para a recessão precisa de ser apoiada por um bom planeamento, o que, para muitos, envolve um plano de transformação. Ainda assim, planear uma transformação pode não estar no topo das prioridades se o valor não puder ser demonstrado. 

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 40 Novembro 2022

IT INSIGHT Nº 40 Novembro 2022

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.