As capacidades essenciais na utilização de inteligência artificial

Os gigantes digitais dominam os mercados de cloud e e-commerce, e parte da razão para o seu domínio é a inteligência artificial e a análise avançada. As empresas tradicionais devem apostar cada vez mais em tecnologias de ponta

As capacidades essenciais na utilização de inteligência artificial

R. "Ray" Wang fornece um roteiro para o sucesso da IA no seu mais recente livro,  "Everybody Want to Rule the World" e fala sobre a capacidade necessária para avançar com "AI Smart Services" que ajudam a automatizar decisões de precisão.

"Para afinar as decisões de precisão em escala, ou seja, para desenvolver a velocidade de decisão, (as empresas orientadas por dados) devem automatizar o processo de transformação da inteligência de sinal numa decisão ou ação. E a forma de o fazer é criar processos automatizados de serviços inteligentes de IA alimentados por IA".

Posto isto, R. "Ray" Wang descreve seis requisitos para avançar na era da inteligência artificial:

Poder de computação. Para desenvolver serviços de IA, as empresas baseadas em dados "devem ter acesso ou poder de computação barato", diz Wang. "A métrica final para a IA assenta na fixação de preços não em termos de poder de computação, mas em termos de custo potencial por kilowatt/ hora. A taxa mais barata de poder de computação pode determinar a estrutura de custos dos serviços inteligentes de IA. O código mais eficiente para encontrar inteligência de sinal proporcionará uma vantagem de custo para cada decisão tomada".

Tempo. Wang acredita que a capacidade de realizar tarefas que normalmente levariam semanas em minutos, proporciona a (empresas baseadas em dados) uma vantagem inerente sobre os seus concorrentes. No entanto, "os serviços inteligentes da IA precisam de mais tempo para identificar novos padrões. É por isso que os primeiros a treinarem os seus serviços inteligentes de IA para processar os petabytes maciços de dados, ganham uma vantagem. Quanto mais cedo e mais rápido os serviços inteligentes da IA aprenderem, mais precisão voltam a colocar nos seus algoritmos". 

Talento matemático. Segundo Wang, os algoritmos são tão bons quanto o talento matemático que têm por trás. "O sucesso requer a contratação de artesãos digitais. Os gigantes digitais normalmente têm exércitos de cientistas de dados para afinar os serviços inteligentes de IA para as suas empresas baseadas em dados". 

Conhecimentos específicos verticais. Para tomar decisões de precisão, os serviços inteligentes de IA "devem compreender as nuances dos vários verticais em que operam- como a dimensão das empresas, indústrias e regiões culturais".

Interfaces naturais do utilizador e experiências do utilizador. As empresas orientadas por dados devem desenvolver serviços inteligentes de IA "que envolvam os utilizadores numa variedade de interfaces de computador humanos que imitam a interação humana em termos das suas capacidades sensoriais, visualizadoras, de voz e de gestos. As interfaces podem ir desde chatbots a assistentes virtuais, e desde a realidade aumentada até leitores de mentes de ondas cerebrais e visão computacional". 

Recomendações contextualização relevantes. "Uma vez que os utilizadores estão confiantes sobre como o sistema chega a uma recomendação, estes serviços inteligentes impulsionados pela IA começam a automatizar decisões aumentando a humanidade, acelerando a tomada de decisão e, em última análise, fornecendo filtros que proporcionam consciência da situação (a capacidade de perceber o ambiente, eventos numa linha temporal e o potencial estado futuro)".

Tags
Notícias relacionadas

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 32 Julho 2021

IT INSIGHT Nº 32 Julho 2021

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.