Projeto piloto da Volkswagen traz computação quântica a Lisboa

Uma equipa da Volkswagen, em parceria com a empresa D-Wave, criou um algoritmo quântico para otimização das rotas de autocarros a circular na cidade de Lisboa

Projeto piloto da Volkswagen traz computação quântica a Lisboa

São 26 paragens de autocarro em toda a cidade, coincidentes com quatro ligações da Carris, e são nove os autocarros com o sistema integrado. Os autocarros em que o sistema já foi adotado representam um dos primeiros usos reais da computação quântica.

O algoritmo calcula os percursos mais rápidos para cada autocarro da frota e é otimizado em tempo real, sugerindo percursos individuais a cada veículo. Em comparação com outros serviços de geolocalização, a Volkswagen diz que o algoritmo quântico permite aos autocarros evitarem trânsito e engarrafamentos que venham a encontrar no caminho mais cedo do que normalmente é possível saber.

Vern Brownell, CEO da D-Wave, disse à ZDNet que o projeto piloto da Volkswagen é um marco significativo no uso da computação quântica. “É a primeira vez que um computador quântico está a ser usado no workload real. Isto poderá ser histórico”. O projeto está em funcionamento desde novembro, e já tinha sido anunciado por altura do Web Summit, já que uma das ligações é precisamente o trajeto Marquês de Pombal – Parque das Nações.

Tags
Notícias relacionadas

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 24 Março 2020

IT INSIGHT Nº 24 Março 2020

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.