Chief Finance Officers mais próximos do IT

De acordo com o estudo da Michael Page, os Chief Finance Officers tem agora novas funções. Além da análise de números, tesouraria, contabilidade, elaboração de orçamentos e questões fiscais, estes profissionais são hoje mais proativos, focados no planeamento e gestão, possuem competências comunicacionais e conhecimento técnico e estão mais próximos nas equipas informáticas

Chief Finance Officers mais próximos do IT

O estudo ‘Perspetivas de CFO e Liderança Financeira’, da Michael Page, recolheu e analisou a opinião de 20 CFOs com este novo perfil. Ficou claro para a empresa de recrutamento que o novo modelo da profissão extrapola agora as tarefas relacionadas com a análise de números, tesouraria, contabilidade, elaboração de orçamentos e questões fiscais, para exercer funções mais abrangentes na planificação da empresa. Os Chief finance Officers passam a desenvolver também estratégias dentro da organização, participam na cultura empresarial da mesma, reinventam soluções para a redução dos custos, aproximam-se das equipas informáticas para conhecerem o sistema de segurança da empresa e ocupam parte da agenda com questões do âmbito da cibersegurança.

“É interessante observarmos que o mercado profissional começa a afastar-se do modelo financeiro tradicional, para aproximar-se de um modelo mais proativo e ágil. Outro dado interessante que retiramos deste estudo é o facto de nalgumas empresas o cargo do CFO encarnar também competências de coach, ou seja, um profissional que contribui também para a gestão de situações difíceis, por exemplo, sendo que esta função ganha cada vez mais papel decisivo no momento da tomada de decisão numa organização”, afirma Vasco Salgueiro, senior manager tax & legal Michael Page.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 16 Novembro 2018

IT INSIGHT Nº 16 Novembro 2018

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.