Maioria das empresas europeias acreditam que o trabalho híbrido veio para ficar

Os líderes das empresas estão a aumentar o investimento em plataformas de comunicação e novas tecnologias para otimizar o fluxo de trabalho, em casa, no escritório, ou num possível terceiro espaço de trabalho

Maioria das empresas europeias acreditam que o trabalho híbrido veio para ficar
 

Para que os colaboradores possam trabalhar facilmente no escritório ou a partir de casa, as empresas estão a investir em ferramentas de comunicação e tecnologia de ponta para capacitar os espaços de trabalho do pós-pandemia. Um novo estudo da Owl Labs mostra que apenas 11% dos líderes de empresas europeias esperam uma retorno ao escritório a tempo inteiro. Frank Weishaupt, CEO da Owl Labs considera “encorajador ver líderes empresariais em toda a Europa a abraçarem o trabalho híbrido após a pandemia"

Cerca de 39% dos líderes de empresas acredita que a pandemia vai continuar a afetar o funcionamento dos negócios nos próximos seis meses, sendo que 52% admite que o trabalho remoto teve um impacto positivo nos negócios e na felicidade dos trabalhadores. 50% diz que a virtualização dos escritórios foi positiva no que diz respeito a custos comerciais. 

Além disso, 92% das organizações europeias estão dispostas a explorar políticas progressistas depois da pandemia, incluindo a possibilidade de trabalhar de forma flexível, a partir de qualquer localização - 42% -, numa semana de trabalho de quatro dias - 39% - e com férias ilimitadas – 22%. Em causa está a vontade de criar um ambiente de bem-estar holístico, que possibilite uma maior produtividade por parte dos colaboradores. 

Todavia, a rentabilidade desempenha também um papel importante para os líderes e 62% considera que o trabalho híbrido potencia o lucro das organizações. As empresas com mais de 1000 trabalhadores são mais propensas a pensar nesta questão - 73%, em comparação com os 55% das PME. 

Atualmente, as 36% das empresas estão a aumentar os investimentos em ferramentas de comunicação e videoconferência, a adotar medidas de distanciamento social para os trabalhadores - 35% - e a fornecer dispositivos para que o trabalho no escritório e em casa seja agilizado - 33%. 

O CEO da Owl Labs explica “que a tecnologia continuará a desempenhar um papel fundamental no apoio a esta mudança contínua para o trabalho híbrido, e as empresas bem sucedidas criarão as políticas de infraestruturas e locais de trabalho que permitam aos seus colaboradores manter altos níveis de criatividade e colaboração, onde quer que estejam”. Mesmo com a crescente adoção do trabalho híbrido, 63% das organizações tencionam manter a mesma quantidade de espaço dos escritórios, enquanto apenas 11% espera fechar os escritórios. Mas para monitorizar a atividade dos trabalhadores de forma remota, 29% dos empresários pretendem adotar apps de produtividade. 

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 33 Outubro 2021

IT INSIGHT Nº 33 Outubro 2021

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.