Schneider reforça ecossistema de inovação

No âmbito do compromisso da Schneider Electric com a inovação, que conta já com importantes projetos em curso novo programa, foi lançado o novo programa Schneider Electric Ventures para identificar, promover e apoiar novas ideias com financiamento, incubação e parcerias

Schneider reforça ecossistema de inovação

A Schneider Electric anunciou a criação do programa Schneider Electric Ventures, que identifica, promove e apoia inovações que possam constituir um contributo importante para a sustentabilidade e eficiência energética no futuro. Já existem importantes projetos em curso e prontos a implementar.

 

A inovação é a chave para atingirmos um crescimento sustentável

A inovação é um precursor essencial para o crescimento sustentável. Para além da necessidade imperiosa de encontrarem soluções que protejam o nosso ambiente natural, as empresas devem também satisfazer a inesgotável procura global de energia, adaptar os seus equipamentos a um ecossistema industrial hiperconectado e satisfazer os critérios de uma regulamentação cada vez mais exigente.

A Schneider Electric investe mil milhões de euros por ano em I&D – e o EcoStruxure, a sua arquitetura e plataforma interoperável aberta, plug-and-play e com base na IoT, representa a tecnologia de ponta da gestão de energia e automação industrial conectadas.

Há uns meses, a empresa criou o programa Schneider Electric Ventures. A missão desta iniciativa é identificar, promover e apoiar empresas e empresários cujas inovações poderão vir a transformar o modo como vivemos e trabalhamos, a forma como produzimos e consumimos energia, e a forma como gerimos edifícios e fábricas.

No seu Innovation Summit nos Estados Unidos, que reuniu mais de 1200 dos melhores empresários, executivos e líderes da indústria de todos os territórios da América do Norte no Hotel Hilton Atlanta Downtown, entre 13 e 14 de novembro, a Schneider Electric revelou alguns dos principais projetos desenvolvidos no âmbito do programa «Schneider Electric Ventures». Estes projetos incluem:

eIQ Mobility, uma start-up e spinoff da Schneider Electric Incubator, que facilita e acelera a mobilidade elétrica em escala ao propor "Frotas Elétricas as a service" para frotas comerciais de grandes dimensões.

Clipsal Solar, um empreendimento comercial que oferece soluções on-grid e off-grid para aplicações residenciais e comerciais na Austrália, onde 1,8 milhões de proprietários residenciais já instalaram painéis solares, para os ajudar a gerir as suas contas de eletricidade. As previsões do mercado indicam que este número irá crescer com 134 000 lares adicionais até ao ano 2021.

Greentown Labs Bold Ideas Challenge em parceria com a Greentown Labs, focada no apoio ao desenvolvimento de empresários através da disponibilização de mentores, membros de equipas, subsídios de 25.000 dólares e recursos técnicos e de negócio necessários para o lançamento de projetos de sucesso.

Por meio dos seus diversos veículos de investimento, a Schneider Electric investiu ainda em participações em seis empresas:

  • Sense, líder na tecnologia de desagregação de cargas
  • Element Analytics, líder na analítica de grandes volumes de dados industriais
  • Habiteo, especialista no design 3D de novos parques habitacionais
  • QMerit, o “Uber” dos fornecedores de serviços de MRO (manutenção, reparação e operação de maquinaria e equipamentos)
  •  KGS, um motor preditivo para a realização de manutenção “just in time”
  •  Claroty, empresa líder na ciberssegurança de redes TO industriais

“O Schneider Electric Ventures é a nossa forma de ajudar os empreendedores a tornarem as suas visões em realidade e fazerem uma verdadeira diferença na forma como vivemos e trabalhamos”, afirmou o Chairman e CEO da Schneider Electric, Jean-Pascal Tricoire, no Innovation Summit nos Estados Unidos. “O programa Schneider Electric Ventures demonstra o nosso compromisso para com a inovação, ao ajudarmos os empreendedores e empresários que partilham os nossos valores a desenvolverem as suas ideias e a ganharem acesso aos mercados globais.”

 

Oportunidades para os empreendedores

A Schneider Electric comprometeu-se a investir entre 300 e 500 milhões de euros nos próximos anos em projetos de incubação, parcerias com empresários e fundos especializados, acolhendo as ideias de empreendedores e empresários que pretendem transformar as suas ideias em realidade.

“Os investimentos que fizemos e as empresas que incubámos até agora são centrais para a visão da Schneider Electric do futuro”, referiu Heriberto Diarte, Head of Open Innovation and Ventures da Schneider Electric. “As tecnologias e os serviços inovadores em que estamos a investir vão ser um enorme contributo para a criação de um mundo mais conectado, ecológico, eficiente e sustentável.”

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 20 Julho 2019

IT INSIGHT Nº 20 Julho 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.