Oracle lança base de dados cloud autónoma

A Oracle Autonomous Data Warehouse Cloud é o primeiro serviço de base de dados cloud com funcionalidades de gestão, segurança e reparação inteiramente autónomas que se baseia na tecnologia machine learning para disponibilizar funcionalidades de segurança e disponibilidade que não requerem qualquer intervenção humana

Oracle lança base de dados cloud autónoma

A Oracle Autonomous Data Warehouse Cloud oferece todas as funcionalidades analíticas, de segurança e a elevada disponibilidade da Base de Dados Oracle sem nenhuma das complexidades de configuração, adaptação e gestão que lhe são inerentes - mesmo quando o armazenamento dos workloads e os volumes de dados mudam.

“Esta nova tecnologia vem mudar tudo,” afirma Larry Ellison, executive chairman e CTO da Oracle. “A Oracle Autonomous Database assenta em tecnologia tão revolucionária como a própria internet. Faz correções, atualizações e adapta-se sozinha. As bases de dados da Amazon são mais caras e oferecem menos funcionalidades”.

A nova solução da Oracle requer apenas um passo para o aprovisionamento e oferece um data warehouse com backup automático, encriptação e arquitetura de elevada disponibilidade em meros segundos. A migração para a cloud é simples dada a total compatibilidade com as bases de dados já existentes nas instalações do cliente. Promete também escalabilidade online independente da computação e do armazenamento. A capacidade para aumentar ou diminuir os recursos de forma dinâmica permite um verdadeiro modelo de pagamento por utilização, diminuindo significativamente os custos.

Apoiada na experiência de mercado do fabricante, a Oracle Autonomous Data Warehouse Cloud é a primeira oferta de um leque de vários novos serviços da Oracle Autonomous Database Cloud que a tecnológica norte americana lança no mercado. Outros serviços de desenvolvimento incluem a Oracle Autonomous Database for Transaction Processing, a Oracle Autonomous NoSQL Database para a leitura e escrita de dados massivas e rápidas (normalmente exigida pela IoT), e a Oracle Autonomous Graph Database para análise de redes. Cada uma destas ofertas está adaptada a cada workload específica e partilha as caraterísticas essenciais dos serviços da Oracle Autonomous Database.

Elimina a necessidade trabalho humano e erros humanos no aprovisionamento, segurança, monitorização, backup, recuperação, resolução de problemas e configuração das bases de dados. Faz atualizações e pesquisas automaticamente e ao mesmo tempo que está a correr. Protege também os utilizadores internos de ataques e ameaças externas. Aplica atualizações de segurança automaticamente e ao mesmo tempo que está a correr para garantir a proteção de ciberataques. Adicionalmente encripta automaticamente todos os dados. Além disso, a Oracle Autonomous Data Warehouse Cloud oferece proteção automatizada contra todos os períodos de inatividade planeados e não-planeados, garantindo níveis de disponibilidade de 99.995%, o que se traduz em tempos de inatividade inferiores a 2.5 minutos por mês, incluindo os períodos previstos para a manutenção.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 17 Janeiro 2019

IT INSIGHT Nº 17 Janeiro 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.