Mais de metade das pessoas acreditam que bots terão sucesso onde humanos falharam

Estudo indica que 96% dos líderes empresariais acreditam que o enviesamento humano e os sentimentos prejudicam as iniciativas de sustentabilidade corporativa

Mais de metade das pessoas acreditam que bots terão sucesso onde humanos falharam

Pessoas em todo o mundo estão a exigir mais progresso em relação às iniciativas sociais e de sustentabilidade e esperam que as empresas sejam mais proativas, de acordo com um novo estudo da Oracle e Pamela Rucker, Consultora de CIO, Instrutora de Desenvolvimento Profissional de Harvard.

O estudo “No Planet B” inquiriu mais de 11 mil consumidores e líderes de negócios em 15 países e descobriu que as pessoas estão cansadas da falta de progresso que a sociedade está a ter em relação às iniciativas sociais e de sustentabilidade, querem que as empresas transformem o discurso em ação e acreditam que a tecnologia pode ajudar as empresas a obter êxito onde as pessoas falharam.

Os eventos dos últimos dois anos destacaram a sustentabilidade e as iniciativas sociais, e as pessoas em todo o mundo estão cansadas da falta de progresso e pedem para que as empresas sejam mais proativas.

De acordo com o estudo, 93% das pessoas acreditam que a sustentabilidade e os fatores sociais são mais importantes do que nunca e 80% disseram que os eventos nos últimos dois anos as levaram a mudar as suas ações. Simultaneamente, 94% acreditam que a sociedade não fez progressos suficientes. 42% atribuem a falta de progresso ao facto de as pessoas estarem muito ocupadas com outras prioridades, 39% acreditam que é o resultado de maior foco nos lucros de curto prazo em comparação com os benefícios de longo prazo e 37% acreditam que as pessoas são muito preguiçosas ou egoístas para ajudar a salvar o planeta.

Os líderes empresariais sabem que os esforços de sustentabilidade são fundamentais para o sucesso corporativo e até confiam em bots mais do que em humanos para impulsionar as iniciativas sociais e de sustentabilidade:

  • 92% acreditam que os programas de sustentabilidade e ESG são fundamentais para o sucesso das organizações. Os executivos identificaram os três principais benefícios como consolidação da marca (40%), aumento da produtividade (39%) e aquisição de novos clientes (38%);
  • Quase todos os líderes empresariais (91%) estão a enfrentar grandes obstáculos ao implementar iniciativas de sustentabilidade e ESG. Os maiores desafios incluem alcançar as métricas de ESG de parceiros e terceiros (35%), a ausência de dados (33%) e processos de relatórios manuais demorados (32%);
  • 96% dos líderes de negócios admitem que o enviesamento humano e os sentimentos muitas vezes desviam o foco do objetivo final e 89% acreditam que as organizações que usam a tecnologia para ajudar a impulsionar práticas de negócios sustentáveis serão as que terão sucesso a longo prazo;
  • 93% confiariam mais num bot em vez de num humano para tomar decisões sociais e de sustentabilidade. Acreditam que os bots são melhores em angariar diferentes tipos de dados sem erros (43%), tomar decisões racionais e imparciais (42%) e prever resultados futuros com base em métricas/desempenho prévio (41%);
  • Os líderes empresariais acreditam que as pessoas ainda são essenciais para o sucesso das iniciativas sociais e de sustentabilidade e acreditam que são melhores na implementação de mudanças com base no feedback das partes interessadas (48%), em orientar outras pessoas sobre as informações necessárias para tomar decisões (46%) e em tomar decisões estratégicas informadas pelo contexto (42%).
Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 37 maio 2022

IT INSIGHT Nº 37 maio 2022

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.