Data lineage: a árvore genealógica dos dados ao serviço de uma gestão eficaz

Data lineage é o conceito base da linha de ação da Manta - empresa que vai inaugurar um Centro de Engenharia e Produto em Lisboa e pretende recrutar 50 profissionais em diversas áreas tecnológicas

Data lineage: a árvore genealógica dos dados ao serviço de uma gestão eficaz

Tal como a transformação digital se tornou mais urgente, nestes dois últimos anos, também os ativos de dados têm um papel relevante no desenvolvimento das economias”. As palavras são de Claúdia Leitão, VP of People & Culture da Manta, empresa cujo papel é ajudar as organizações a desenharem um mapa completo de todos os fluxos de dados

Data lineage é o conceito base da linha de ação da Manta – uma espécie de arvore genealógica dos dados, à qual os analistas e líderes recorrem tendo em vista tornar a sua estratégia de gestão de metadados mais eficiente. Contextualizando, “data lineage identifica as origens dos dados, mostra o fluxo dos dados e fornece contexto para o que acontece à medida que passam por diversos sistemas e processos”, explica Cláudia Leitão.

Com presença em Praga, Dublin, Florida e Nova Iorque, a empresa chega agora a Portugal. Em território nacional, a Manta vai inaugurar um Centro de Engenharia e Produto em Lisboa, com 1500 metros quadrados, que vai permitir a expansão da marca. 

A informação acessível e exata, em tempo real, passou a ser um elemento crucial para o sucesso das organizações” e para que “as organizações possam ver os benefícios é importante terem um conhecimento extensivo e detalhado da configuração dos seus dados” – levando a tomadas de decisão mais sustentadas.

Neste contexto, a plataforma da Manta permite um processo de compreensão e visualização “clara de todo o fluxo de dados”, desde a origem ao consumo, “mantendo o pipeline de dados saudável”, acrescenta. “A combinação de lineage recolhida em várias fontes de maneira automatizada, e uma poderosa semântica em cima dessa informação permite aos utilizadores ter acesso a um mapa completo, claro e abrangente de todos os fluxos de dados, fontes, transformações e dependências, o que os ajuda a melhorar Data Governance, simplifica os projetos de migração, habilita um debbuging proativa e acelera a resolução de incidentes”. 

A inauguração do primeiro escritório da empresa em Portugal reflete um investimento total de 1 milhão de euros. O novo escritório e o talento nacional serão os grandes drivers de crescimento da empresa. “A escolha da Manta por Portugal recaiu, essencialmente, no enorme talento que o país oferece, não apenas a nível de talento especializado na área das tecnologias da informação, mas também a nível comportamental”, reflete Cláudia Leitão.

Assim, “a aposta da Manta na inauguração de um Hub de Engenharia e de Produto de excelência em Portugal permite-nos desenvolver e construir uma equipa sólida com profissionais altamente especializados que nos permita desenvolver a nossa plataforma de forma a trazer inovação aos nossos clientes”. Para isso, a empresa tem como objetivo contratar até ao final do ano cerca de 50 profissionais em áreas como Java Developers, DevOps engineers, Product Managers, entre outros. 

Para o futuro, a grande aposta da Manta, que tem o core da sua atividades nos EUA, recai sobre o desenvolvimento do mercado EMEA e APAC, “e Portugal está necessariamente no futuro mapa de desenvolvimento comercial”, explica Claúdia Leitão. No âmbito da plataforma de data lineage, a empresa ambiciona desenvolver novas funcionalidades e sistemas que permitam “chegar às necessidades emergentes dos clientes”.

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 38 Julho 2022

IT INSIGHT Nº 38 Julho 2022

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.