NOVAnalytics apresenta startups finalistas

CheckMyBusiness, DesireMaker, Global Intelligent Insights, Origami AI e Single Link foram as cinco startups finalistas do programa NOVAnalytics Accelerator da NOVA IMS

NOVAnalytics apresenta startups finalistas

“Este não é o fim do processo, é o início do passo seguinte”, afirmou Pedro Saraiva, Diretor da NOVA IMS. Foi assim que se concluiu o graduation day da NOVAnalytics Accelerator que ‘graduou’ cinco startups que, através dos dados, prometem melhorar a vida dos cidadãos e das organizações.

Durante este programa de aceleração, os projetos selecionados receberam sessões de mentoria, coaching prático e introduções importantes para potenciais clientes e parceiros.

Os cinco projetos (CheckMyBusiness, DesireMaker, Global Intelligent Insights, Origami AI e Single Link) utilizam tecnologias Big Data, Machine Learning e Advanced Analytics para resolver problemas reais do quotidiano dos cidadãos ou das organizações alvo. No final deste dia de graduação, as cinco startups ouviram, ainda, apresentações por parte da AERLIS e da PME Investimentos sobre como estes projetos podem obter o financiamento necessário para dar o próximo passo.

As startups finalistas foram:

  • Check my Business, que visa promover o acesso de empresas em fase de estabelecimento em Portugal a informação sobre os mercados alvo, usando metodologias de data science;
  • Desire Maker, uma startup nascida igualmente no âmbito de um projeto de doutoramento na NOVA IMS e que pretende facilitar a relação entre os jovens e as entidades bancárias, criando oportunidades acrescidas para fidelização;
  • Global Intelligence Insight, que atua na área da ciberdefesa, usando big data e metodologias de análise de dados em tempo real;
  • OrigamiHUB.ai, uma startup que nasce na sequência de um projeto de investigação na área da Inteligência Artificial, na NOVA IMS, em modelos com aprendizagem contínua;
  • SingleLink, que atua na área da medicina de precisão, com recurso a metodologias de análise de dados e machine learning.

No encerramento, Miguel de Castro Neto, subdiretor da NOVA IMS e responsável pelo NOVAnalytics Accelerator, afirmou que “celebramos hoje o cumprimento da ambição que promoveu a criação do NOVAnalytics Accelerator: colocar a ciência dos dados ao serviço do empreendedorismo e do desenvolvimento económico num ecossistema de inovação que reuniu o melhor conhecimento científico com um grupo de empresas de referência para apoiar um conjunto de projetos promissores. Quem sabe se o próximo unicórnio português não está hoje aqui a dar os primeiros passos”.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 20 Julho 2019

IT INSIGHT Nº 20 Julho 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.