Branded Content

Inovação como alavanca da transformação digital para a prestação de melhores cuidados de saúde

No início do verão passado, foi publicada uma história no New York Times sobre os desafios que as autoridades de saúde pública enfrentavam no atual contexto de pandemia, incluindo o relato de uma história que mais parecia uma piada dos anos 80

Inovação como alavanca da transformação digital para a prestação de melhores cuidados de saúde

“Num hospital público nos EUA, um equipamento de fax não parava de imprimir páginas e páginas de resultados de testes à COVID-19. Parecia uma brincadeira, mas não era.”

E é uma ilustração eficaz de como sem transformação digital não é possível garantir os melhores serviços de saúde e o melhor atendimento às pessoas no século XXI.

A saúde digital 4.0, ou e-saúde, compreende a aplicação de recursos tecnológicos para otimizar o atendimento, oferecer um serviço mais rápido, integrado e eficiente. É importante entender que a saúde digital é diferente de apenas digitalizar as informações, trata-se de uma nova mentalidade, da adoção de uma nova abordagem em relação a como encaramos os desafios na saúde.

Muitos estudos indicam claramente que a pandemia veio desacelerar as iniciativas de transformação digital em curso em muitas unidades, pela necessidade premente de re-alocar recursos para outras áreas e assim fazer face aos crescentes custos com a 1ª linha de cuidados de saúde.

Mas o que também se verifica, é que essa desaceleração provoca em paralelo que as organizações de saúde tenham que enfrentar outro desafio acrescido. Num momento crítico em que mais do que nunca é necessário acesso rápido à informação, disponibilidade de dados fiáveis e rapidez na comunicação, as organizações veem-se obrigadas a ter que gerir processos desligados e sem a informação correta, numa abordagem fragmentada de atendimento e suportada por tecnologia desatualizada.

Assim, as organizações de saúde precisam de uma visão clara sobre os sistemas que suportam em paralelo, os melhores cuidados de saúde.

Estão obrigadas a entregar algo que sem digitalização e automação não é possível. Sem acesso rápido ao histórico clínico do paciente, sem registos atualizados ou informação em tempo real e comunicação personalizada às pessoas; no contexto de pandemia actual, torna ainda mais difícil a concretização da permissa número um: a prestação dos melhores cuidados de saúde.

Inovação como alavanca da transformação

O investimento contínuo da Xerox em inovação, permitiu-lhe ter vindo a desenvolver soluções adequadas às necessidades do setor da saúde, capazes de acrescentar valor e com a flexibilidade necessária para se adaptar de forma rápida aos desafios que a pandemia trouxe e que ninguém seria capaz de prever.

A capacidade de conectar todas as variáveis e sistemas mesmo em ambientes complexos, digitalizar registos médicos para facilitar a comunicação com as pessoas e fazer a integração de novas ferramentas para a gestão da informação, tem ajudado prestadores de cuidados de saúde em vários países a obter eficiência, personalizar as interações com as pessoas e a garantir a conformidade com todos os regulamentos.

E quando todas estas coisas funcionam em conjunto, o resultado é a melhoria na prestação dos cuidados de saúde, de uma forma global.

Imperial College Healthcare NHS Trust

O desafio do cliente era claro: digitalizar toda a biblioteca de registos e arquivo externo (o número total de páginas rondava os 2,8 mil milhões), ao mesmo tempo que precisava de reduzir os custos relacionados com a gestão dos registos de saúde.

A Xerox respondeu com um serviço de digitalização completo, permitindo que neste momento seja possível alcançar a integração destes registos com a informação nova e adicional que já é 100% introduzida de modo digital.

Implementar uma estratégia digital que englobe todos os dados e toque todos os pontos de interação, acabou por resultar num excelente exemplo de transformação digital global do NHS.

“Pode ser um clichê, mas a Xerox é realmente um parceiro, e não um fornecedor do NHS. Assumiram os nossos objetivos como os deles, e não poderíamos alcançar a nossa estratégia digital tão facilmente sem a Xerox. Juntos, estamos a suportar a melhor prestação de cuidados de saúde em cinco dos hospitais de Londres.” - Linda Watts of Imperial College Healthcare NHS Trust

A pressão adicional imposta aos prestadores de cuidados de saúde pela pandemia COVID-19 aumentou a necessidade de estes se certificarem de que os seus sistemas são robustos e adaptáveis, para que os colaboradores possam processar rapidamente grandes volumes de informações críticas para admissão, despiste e tratamento e não menos relevante, para a gestão de comunicações personalizadas, tão cruciais, como por exemplo, para os planos de vacinação de larga escala que estão a ser implementados em todo o mundo.

Num contexto como o atual, o enorme desafio dos provedores de cuidados de saúde é o que resulta da necessidade de manter o equilíbrio entre os deveres de cuidar das pessoas e melhorar o ciclo de interações e de comunicação.

Siga a ligação para saber mais sobre os serviços digitais da Xerox para utentes e prestadores de cuidados de saúde.

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext e pela Xerox

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 31 Maio 2021

IT INSIGHT Nº 31 Maio 2021

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.