Branded Content

Future Of Work: Um olhar para o futuro do trabalho

Uma das principais características do ser humano é nosso desejo de estarmos juntos. Isso não mudará, apesar da pandemia ou dos avanços nas tecnologias de colaboração.

Future Of Work: Um olhar para o futuro do trabalho

As pessoas prosperam unidas, trabalhando em equipa e, no contexto dos negócios, o trabalho em equipa é a chave para o aumento da produtividade, do progresso e do sucesso. “Work is what you do, not a place you go”. Será assim que o futuro do trabalho terá que ser encarado. Focado na produtividade, nas pessoas e no trabalho de equipa, a tecnologia terá que ser o elemento que amplifique e facilite esta capacidade extraordinária do ser humano em colaborar.

O impacto na pandemia

Organizações de todas as dimensões tiveram de reagir com rapidez à situação sem precedentes em que nos encontramos. Chegou o momento de avaliar a eficácia desta ação, de avaliar a forma de reforçar o apoio ao trabalho à distância e de olhar para o futuro da forma como as empresas são geridas.

O futuro do trabalho será híbrido

Após um ano em que o coronavírus alterou o conceito de local de trabalho, em que milhões de trabalhadores trocaram viagens de negócios por webcams e escola virtual com os seus filhos, fazer previsões sobre o futuro do trabalho torna-se um exercício arriscado.

Com o plano de vacinação em marcha, muitas empresas começaram a imaginar o retorno ao escritório. Por outro lado, o trabalho remoto não vai desaparecer. As empresas estão a preparar-se para um modelo de trabalho híbrido, com alguns funcionários no escritório e outros a trabalhar a partir de casa.

Esta alteração, se for em grande escala, terá impacto em toda a economia subjacente, não só no imobiliário de escritório, mas também noutros setores como os transportes, restauração e rendas.

Se as autoestradas tornaram Portugal “mais pequeno” a internet tornou o mundo “mais pequeno”. Atualmente, é possível estar em Portugal e colaborar com alguém que está do outro lado do Atlântico, e até inclusive trabalhar para uma empresa de lá, sem pôr em causa os níveis de produtividade esperados. Algumas empresas, em particular as tecnológicas, estão atentas a esse fator, “You can recruit from anywhere. That is just great because the talent pool is way bigger”, Aaron Levie CEO of Box.

Liderança e gestão de equipas

Os funcionários que estão comprometidos com o seu trabalho são mais inovadores e têm mais iniciativa, são dados de uma pesquisa que conclui que 85% dos trabalhadores não estão comprometidos com o seu trabalho. Isso faz com que os empregadores tenham que reconsiderar a experiência de trabalho que criam para os seus colaboradores e torná-la mais envolvente e produtiva possível.

De acordo com a The Economist Intelligence Unit, nada influencia mais a experiência de um colaborador do que a qualidade da liderança. A experiência do colaborador terá que estar hoje, mais do que nunca, na agenda da administração.

O local de trabalho

Agora que as pessoas passaram meses a trabalhar a partir de casa é altura de repensar o local de trabalho. O open space pode ter os dias contados. O novo local de trabalho, segundo alguns arquitetos e designers de interiores, terá que ser focado na privacidade, mas ao mesmo tempo dar espaço para o trabalho de equipa. Deverá ser algo entre “cubículos privados” e espaços totalmente abertos designados de "zonas de equipa".

Deixarão de existir lugares fixos, espera-se que as pessoas venham ao escritório para realizar trabalhos de equipa, levando as conversas mais privadas para espaços mais pequenos ou para casa. Soluções de videoconferência e colaboração à distância terão um lugar de destaque no local de trabalho, de acordo com alguns estudos efetuados, 98% da reuniões vão ter pelo menos uma pessoa a assistir remotamente.

Reuniões e eventos

Se 2020 foi o ano em que a videoconferência se tornou popular, 2021 pode ser o ano em que esta se venha a tornar inteligente. Algumas das maiores plataformas vão começar a utilizar inteligência artificial para detetar certos gestos que os participantes fazem, irão disponibilizar assistentes virtuais que tiram notas e criam tarefas automaticamente, fazer transcrições e até disponibilizar legendas em vários idiomas.

Num futuro próximo, as reuniões virtuais terão ainda um nível de experiência superior. Graças a soluções de realidade aumentada ou realidade virtual. Quando esse dia chegar, crie o seu avatar, coloque os seus óculos de realidade virtual e entre na reunião.

O futuro do trabalho terá que estar centrado nas pessoas e em como elas se conectam com tecnologia de colaboração inteligente e segura. Terá que ter uma cultura inclusiva, aberta e flexível. Colaboradores comprometidos, motivados e um local de trabalho moderno, inteligente e potenciado por inteligência artificial.

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext e pela Logicalis Portugal

Tags

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 32 Julho 2021

IT INSIGHT Nº 32 Julho 2021

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.