Apple iPad Pro desafia Surface + iPhone 6s

O grande anúncio do evento da Apple foi o lançamento do iPad Pro, o grande concorrente para o mercado empresarial do Microsoft Surface.

Apple iPad Pro desafia Surface + iPhone 6s

O iPad Pro é sem dúvida uma máquina magnífica, com o seu grande ecrã de 12.9 polegadas (tem de altura o que o iPad Air tem de largura ), resolução Retina Display, processador A9 , som quadrifónico, uma espessura que proporcionalmente à sua dimensão mais parece uma simples folha , e com os seus acessórios de teclado e a caneta inteligente  Apple Pencil  que entende a pressão e inclinação na mão do utilizador, é provavelmente  o mais bem conseguido tablet até hoje e um verdadeiro milagre de engenheiria.

 

No entanto, o desafio que se coloca à Apple é agora o seu mais direto concorrente, o Microsoft Surface Pro 3, um excelente concorrente.
O mercado Pro deste novo iPad é o prosumer mas  sobretudo o mercado empresarial high-end, e se anteriormente a comparação se fazia entre o notebook Macbook Air e o tablet da Microsoft ( a própria Microsoft os compara no seu site ) o rival que vale agora é o iPad Pro.

Ambos os dispositivos prometem a performance de um desktop num tablet, mas com uma diferença significativa: o Surface é um dispositivo criado com um sistema operativo para desktop que evoluiu para a mobilidade, prometendo não perder muita performance, enquanto o iPad Pro é um dispositivo que nasceu da mobilidade e que promete comportar-se como um desktop.
Aqui é a Apple e o seu iOS9  claramente um “mobile first”.

Do lado empresarial a que este iPad se destina, podem não chegar as alianças estratégicas da Apple com a IBM e com a Cisco. Para as empresas que têm de decidir sobre um produto premium para executivos a questão coloca-se sempre entre os dois ecossistemas de aplicações.

Foi um pouco “estranho” ver um vice presidente da Microsoft pela primeira vez na história das duas companhias (se a memória não nos falha ) subir ao palco da Apple para endereçar as funcionalidades do Office com produtos Apple.

Por outro lado, também revela que a Microsoft não quer deixar por um momento escapar o crescente mercado dos utilizadores do iOS e do MacOS, e afinal o software de produtividade é o core do negócio Microsoft, mesmo que isso potencialize um rival no hardware.

Se a parte da suite de produtividade da Microsoft parece estar assegurada para os futuros desenvolvimentos da Apple, o ecossistema de soluções Microsoft, assim como as aplicações empresariais desenvolvidas para Windows, vão continuar a pesar na hora das empresas decidirem iPad Pro versus Surface, apesar de o crescente número de aplicações em Cloud caminhar para tornar irrelevante qual o sistema operativo a partir do qual são acedidas. 

Por último, nesta comparação surge o fator preço. Não se conhecendo ainda o preço para a Europa, o iPad Pro será nos EUA ( disponível em Novembro) de 1079 $USD na versão 128GB com 4G, mais barato que o Macbook Air e muito em linha com o preço do Surface Pro 3, também de 128GB.

 

Sim, também foram lançados novos iPhones

O lançamento do novo tablet da Apple quase ofuscou os novos iPhones 6S.
Em parte porque já se sabia e se escreveu muito sobre eles , e em parte porque as serie “S” dos iPhones são encaradas apenas como upgrades das versões iniciais.

 

Os novos iPhone 6S prometem uma velocidade superior em 70% e ecrã sensivel à variação na pressão do toque.

 

Como já era “vox populi”, a grande diferença para o utilizador será o Force Touch, o sensor de pressão tátil que permitirá desenvolver aplicações que reagem não só ao toque no ecrã como à pressão que aplicamos. Do lado das aplicações da própria Apple, em programas como o email ou as mensagens, Photo Maps entre outros, acesso a novos menus e shortcuts acontecem quando mudamos a pressão do dedo, o que torna mais rápido o acesso as opções e usabilidade. Mas serão aplicações de terceiros , como jogos , que podem levar mais longe esta nova função Touch 3D.

Com a chegada do processador A9 e do co-processador M9 (motion 9) vem maior capacidade de processamento, 70% mais rápido que o A8, chegando a 90% quando a comparação é sobre a capacidade gráfica.

O chassi foi reforçado, o que era esperado devido à embaraçosa tendência do iPhone 6 Plus se adaptar ao formato do bolso traseiro das calças (bend-gate).

A máquina fotográfica só poderia ser melhor, porque toda a concorrência premium já tinha maior resolução. Agora ela pode fazer 4k UHD com os 12 megapixels, indispensáveis a este formato. Selfies são agora de 5 megapixels.

A disponibilidade para Portugal não foi ainda anunciada, mas se é proprietário de um iPhone 6 da primeira série, não usa o smartphone no bolso das calças, nem tem onde ver vídeos de 4K UHD, talvez seja sensato saltar esta versão ou, com um pouco mais de esforço, comprar logo que disponível o iPad Pro.

 

Apple TV 

A Apple TV nunca teve sucesso em Portugal, em parte porque a oferta disponível nos serviços premium dos operadores nacionais é boa, em parte porque o iTunes Store quase não tem conteúdos com legendas na nossa língua. 

Mas a Apple TV é mais que uma setup box, é a ligação na nossa sala aos nossos próprios conteúdos, como música , fotografias ou vídeo. Mas a Apple quer ir mais longe e na visão de Tim Cook -  "the future of television is apps".

 

A TVOS App Store pretende fazer pela Apple TV o que o iTunes Store fez pelo iPhone.

Relativamente ao hardware, a 4ª geração da Apple TV equipada com o processador A8 representa uma evolução importante sobre um equipamento que não conhecia há muito tempo qualquer alteração. A assistente pessoal Siri entra na Apple TV para uma navegação mais simples.

 

Outros lançamentos

Além do iPad Mini 4,  também apresentado, a Apple revelou como esperado a segunda versão do Watch OS, num ecossistema que já tem 10.000 apps.

O Watch OS2 vem com um conjunto de novidades, especialmente as que permitem aos developers externos usar um nível de controlo do equipamento até aqui restrito. 

 

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 32 Julho 2021

IT INSIGHT Nº 32 Julho 2021

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.