Modernização do mainframe poupa mais de 12 mil milhões de dólares às empresas

Investigação da Kyndryl revela que as empresas estão a iniciar ou a acelerar a sua estratégia de modernização do mainframe, tendo economizado no total 12,5 mil milhões de dólares

Modernização do mainframe poupa mais de 12 mil milhões de dólares às empresas

Na sua primeira investigação e análise global sobre o estado atual e o futuro da modernização do mainframe para as empresas, a Kyndryl revela que a maioria das organizações está a adotar uma estratégia híbrida para a modernização do mainframe, visando aumentar a eficiência e a inovação.

Segundo o testemunho de 500 líderes de Tecnologias de Informação (TI), as empresas economizaram coletivamente 12,5 mil milhões de dólares.

De acordo com a investigação, 95% dos inquiridos estão a migrar algumas aplicações de mainframe para a cloud ou plataformas descentralizadas, em média 37% das suas áreas de trabalho. No entanto, apenas 1% dos inquiridos planeia transferir todas as áreas de trabalho para a cloud.

Para além disto, a Kyndryl evidencia que a esmagadora maioria (90%) considera o mainframe essencial para as suas operações comerciais devido à segurança, fiabilidade e desempenho que proporciona, tendo simultaneamente a flexibilidade de migrar para a cloud e aumentar a eficiência.

As organizações que visam modernizar as suas operações de missão crítica adotam três abordagens: modernização no mainframe, integração com os hyperscalers ou migração para a nuvem. A maioria dos inquiridos utiliza uma combinação destas estratégias, adaptando-as às suas necessidades técnicas e comerciais.

A Kyndryl conclui que a modernização do mainframe permite um retorno positivo do investimento, sendo que, enquanto a poupança média anual de custos por organização é de 25 milhões de dólares, os inquiridos totalizaram coletivamente uma poupança de 12,5 mil milhões de dólares por ano. Os líderes de IT indicam que a transformação do ambiente do mainframe proporciona benefícios financeiros e impulsiona a inovação, permitindo uma maior capacidade de expansão e um tempo de comercialização mais rápido.

Segundo o inquérito, a segurança (59%) é a preocupação principal entre os inquiridos na definição e no sucesso da estratégia de transformação de um cliente, bem como para a formação e a atualização de competências.

“O nosso inquérito revela que os mainframes se tornam cada vez mais uma parte integrante dos ambientes de cloud híbrida e continuam a gerar valor comercial. No entanto, a falta de uma força de trabalho qualificada para dar suporte e proteger esses ambientes de missão crítica é uma causa significativa de ansiedade para muitas empresas”, afirma Petra Goude, Global Practice Leader for Core Enterprise & zCloud at Kyndryl.

Mais de 50% das empresas inquiridas mostram-se preocupadas com o enfraquecimento das competências em mainframe, uma lacuna que representa oportunidades de emprego para talentos técnicos emergentes. Neste sentido, 74% dos líderes de IT confiam em empresas externas para o apoio na transformação perante os desafios das suas competências internas.

“Encontrar um consultor de confiança e um técnico de integração com conhecimentos e experiência profundos é a chave para o sucesso - independentemente do ponto em que as organizações se encontram na sua transição e da forma como pretendem executar a sua transformação”, acrescenta Goude. “A pesquisa mostra que manter o status quo não é o caminho para a modernização ou o crescimento”.

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 50 Julho 2024

IT INSIGHT Nº 50 Julho 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.