Retalho tem de apostar na tecnologia para sobreviver

Um estudo da Xpand IT sobre a nova era do retalho conclui que a tecnologia é um facilitador de inovação para um setor do retalho que já não existe tal como o conhecíamos

Retalho tem de apostar na tecnologia para sobreviver

O setor do retalho, como conhecíamos, já não existe. A indústria está agora a renovar-se e adaptar-se, num contexto em que a tecnologia é um facilitador de inovação. Esta é uma das conclusões do novo relatório da Xpand IT, focado na indústria do retalho. 

Desde 2019, a Xpand IT tem lançado relatórios no âmbito da iniciativa Xpand IT Insights, em que a tecnológica portuguesa analisa o impacto da tecnologia num determinado setor. Depois da Indústria Bancária e da Indústria Seguradora, chegou a vez da Indústria do Retalho.

Segundo este novo relatório, os principais desafios para o setor do retalho passam por: expetativas do cliente; conveniência; contexto; e propósito. Num contexto em que, cada vez mais, o presencial se funde com o digital, as lojas físicas não vão desaparecer, mas é necessário redefinir o seu conceito, de forma a serem atualizadas para elevar a experiência do cliente e promover a integração com os pontos de contacto digitais. Nesta perspetiva, a tecnologia não servirá apenas para construir aplicações móveis, mas para melhorar toda a experiência na própria loja. Este conceito denomina-se “phygital” e consiste em combinar a experiência física com a digital.

O estudo da Xpand IT aponta também as seguintes tendências para o setor do retalho: personalização; sustentabilidade; e experiência (os retalhistas devem criar experiências diferenciadoras tanto nas lojas físicas como no comércio online); comércio social (integração do comércio online com as redes sociais, possibilitando que o consumidor possa concluir a sua compra através da própria rede social).

As principais conclusões do estudo é que o futuro da indústria do retalho passará por uma realidade híbrida, em que os consumidores procuram por experiências impactantes e conteúdo genuíno, independentemente de acontecer no online ou no offline. Os retalhistas devem aproveitar o melhor que as lojas físicas têm para oferecer, tal como a proximidade e a conexão emocional com os seus clientes, e continuar a aposta crescente no digital, em particular em três grandes áreas: experiência, automação e dados.

O setor do Retalho foi marcado de forma muito vincada por tudo o que vivemos nos últimos anos e foi necessária uma grande aposta no digital para fazer face aos vários desafios que foram surgindo. O que acreditamos é que a tecnologia continuará a ser fundamental nesta nova fase, em que teremos de lidar com uma realidade muito diferente da anterior”, afirma Sérgio Viana, Partner & Digital Xperience Lead da Xpand IT, em comunicado. “Esperamos que este novo estudo contribua para um maior conhecimento sobre o contexto atual acerca deste setor, dando também indicações para que as empresas de retalho aproveitem melhor o potencial de diferentes tecnologias”, conclui.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 34 Novembro 2021

IT INSIGHT Nº 34 Novembro 2021

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.