Branded Content

Organizações precisam de human capital para crescer

As organizações evoluem e nós evoluímos com elas. A importância dos colaboradores, o seu conhecimento, e a sua experiência, representam um fator crítico de sucesso

Organizações precisam de human capital para crescer

O human capital e a manutenção do talento é, cada vez mais, um tema em cima da mesa, essencial no crescimento de todas as empresas.

Da mesma forma que o Human Capital representa e aporta diferentes valores, nada o sumariza melhor do que o papel que o líder desempenha na organização. A ele cabe a missão de acompanhar o desenvolvimento de todas as suas pessoas. Esta necessidade constante de nos desenvolvermos, e também de desenvolver o outro, é essencial para o nível e ritmo de crescimento que as empresas têm.

Todos reconhecemos a importância deste 'homem do leme', assim como todos reconhecemos a influência que um líder tem sobre quem o rodeia. Uma importância muito bem ilustrada na célebre frase "People don't leave bad jobs. They leave bad bosses".

Existem inúmeras razões que levam alguém a sair de uma empresa, sejam elas condições financeiras ou de trabalho. Mas também todos sabemos a importância de valorizar e de ser valorizado. Ser capaz de ver nos outros as suas capacidades e não ter receio de as valorizar. De semear competência e alimentá-la permanentemente, bem como criar no outro a vontade de querer crescer e abrir caminho para que possa desenvolver-se.

Se isto é uma tarefa de que qualquer pessoa é capaz? Não creio. Se isto é uma tarefa fácil? Duvido. Mas a verdade é que os líderes existem. Os líderes que abrem caminho, que nos ajudam a crescer e que nos acompanham diariamente.

Trabalhar com alguém que vê potencial em nós faz-nos crer que somos capazes. E acreditando, tudo se transforma. Mas todos precisamos de um líder? E este papel de líder, efetivamente, tem impacto na vida de outros?

A influência de um líder marca o nosso percurso. Positivamente. Caso contrário, não será um líder. Trabalhar com alguém que ouve as nossas ideias e que se preocupa genuinamente, não tem preço. O reconhecimento nem sempre vem da mesma forma. Nem todos o entendemos da mesma maneira. O reconhecimento vem em várias formas e feitios. Dar responsabilidade, dar uma palavra de coragem ou um agradecimento é muitas vezes o impulso que precisamos.

Dá que pensar que a pessoa que consideramos ser o nosso líder também teve alguém que lhe deu este impulso, que despertou nele a capacidade de ver nos outros os seus pontos positivos e também os pontos a melhorar. E todos necessitamos que alguém nos ajude a melhorar ou a utilizar as nossas competências a nosso favor. Por outro lado, também devemos acreditar que muitas das caraterísticas de um líder são inatas.

Este é, muitas vezes, o papel de um líder. Não é abrir o caminho e impor a caminhada. É abrir um caminho e despertar a curiosidade de caminhar, de ver o que pode conquistar. E, essencialmente, de ver que é capaz de fazê-lo.

E se ainda se estiverem a questionar se um líder tem impacto na vossa vida, peço que reflitam nas pessoas com quem trabalham e trabalharam. Nem todos os líderes usam fato e gravata. Às vezes, um líder é a pessoa que está ao nosso lado, que nos reconhece potencial e que não tem receio disso. Um líder ajuda a querermos ser a melhor versão de nós mesmos todos os dias.

 

Branded Content co-produzido pela MediaNext para a Atos

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 22 novembro 2019

IT INSIGHT Nº 22 novembro 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.