Branded Content

Centros de inovação, um modelo pioneiro, centrados nas pessoas e com valor acrescentado para o cliente

“Um dos principais desafios a que estes centros nearshore vieram dar resposta foi à escassez de recursos e à dificuldade de encontrar talentos com as qualificações e as skills necessárias”

Centros de inovação, um modelo pioneiro, centrados nas pessoas e com valor acrescentado para o cliente

A Softinsa foi pioneira em Portugal no conceito de nearshore, com a abertura em 2013, do Centro de Inovação de Tomar, uma parceria entre a Softinsa, a IBM Portugal, o Instituto Politécnico e a Câmara Municipal de Tomar. Este projeto surgiu quando as várias entidades se uniram para encontrar uma solução que permitisse a criação de emprego e retenção de talento na região, a fixação de habitantes no interior, a atração de novos investimentos económicos, a exportação de serviços e o desenvolvimento de uma nova dinâmica tecnológica e de infraestruturas para a região.

A abertura do nosso segundo centro em Viseu, passados 3 anos, é uma evidência dos benefícios resultantes neste tipo de parceria, entre o poder local, o mundo empresarial e o meio académico para todos os stakeholders da cidade, neste caso tendo como parceiros o Politécnico e a Câmara de Viseu. Um dos principais desafios que estes centros nearshore vieram dar resposta foi a escassez de recursos na área das tecnologias da informação e a dificuldade de encontrar talentos com as qualificações e as skills necessárias para dar uma resposta célere às especificidades e aos exigentes prazos do projetos dos nossos clientes.

Se por um lado os nossos centros de nearshore permitem acolher o crescente número ro de colaboradores, por outro, promovem uma relação de proximidade com as instituições de ensino, o que nos tem permitindo desenvolver uma série de iniciativas conjuntas como pós-graduações, seminários, hackathons, academias de formação e programas Erasmus, que introduzem e aprofundam o conhecimento dos estudantes em soluções orientadas aos requisitos do mercado e das várias indústrias e lhes abrem as porta a oportunidades muito aliciantes, não só em Portugal como em projetos de clientes além-fronteiras.

O nosso propósito tem sido capacitar os centros com competências especializadas em áreas de transformação e inovação empresarial, trazendo para Portugal as tecnologias mais avançadas no sentido de promover a modernização do tecido empresarial e visando a prestação e exportação de serviços qualificados.

Estamos atualmente a apostar em áreas-chave como Inteligência Artificial, IoT - Internet of Things, a Analítica Avançada, Mobilidade, Cloud Computing, serviços de IOC - Intelligent Operations Center, direcionados para as cidades, entre outras soluções.

Centro de Inovação de Tomar

  • Parceria entre a Softinsa, IBM, Instituto Politécnico e Câmara Municipal de Tomar (2013);
  • Mais de 400 postos de trabalho;
  • Centro de Competências Bancárias no Campus Softinsa no IPT;
  • 20% dos clientes são empresas internacionais dos 5 continentes.

Centro de Inovação de Viseu

  • Parceria entre a Softinsa, IBM, Instituto Politécnico e Câmara Municipal de Viseu (2016)
  • Mais de 160 postos de trabalho;
  • Centro de Competências Mobile e Utilities no Campus Softinsa no IPV;
  • 45% de exportacão de serviços.

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext para a Softinsa

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 21 outubro 2019

IT INSIGHT Nº 21 outubro 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.