Atos completa a primeira etapa na transformação digital dos Jogos Olímpicos

A Canopy – a Cloud da Atos – garante a segurança nas infra-estruturas de IT da Cloud para os Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang a realizar em 2018, através da utilização da Cloud Powered IT da EMC.

Atos completa a primeira etapa na transformação digital dos Jogos Olímpicos

A Atos, parceira global de TI dos Jogos Olímpicos, acaba de anunciar que a infra-estrutura de TI para a cloud a utilizar nos jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang em 2018, é segura e já está completa. Esta foi desenvolvida pela Canopy, em colaboração com a EMC Corporation.

Esta nova infra-estrutura de cloud, produzida em paralelo com a EMC, parceira estratégica da Atos, será utilizada para testar e garantir que as aplicações de TI funcionem e consigam disseminar os resultados a todos os órgãos de comunicação social mundial. Será também o suporte aos sistemas base que coordenam o recrutamento de voluntários, o apoio à gestão da força de trabalho, a garantia dos horários e agenda da competição, assim como de todo o processamento de acreditações para atletas, média e toda a família Olímpica.

A criação da nova infra-estrutura foi feita através da Enterprise Private Cloud e VCE’s Vblock System da Canopy – uma solução de infra-estrutura que poderá suportar negócios de todas as naturezas na sua “jornada em direcção” à cloud. Representa um grande marco na transformação digital dos Jogos Olímpicos, assim como na extensão do uso da cloud para outras aplicações, com gestão da Atos.

A nova infra-estrutura da cloud começará a trabalhar em Agosto para testar o Programa de Competição e os Sistemas de Gestão da Força de Trabalho, que serão utilizados pelo Comité Organizador de Pyeongchang. Em Setembro, a capacidade de escalabilidade da nuvem irá ser posta à prova, com uma grande subida por um período limitado, com o objectivo de realizar alguns testes técnicos, que comprovarão que a solução pode suportar a procura esperada. Terminada esta fase, voltará ao seu formato inicial, de escalabilidade mais reduzida, para fazer face às necessidades de produção mais limitadas, na fase inicial do projecto.

No momento em que o Portal de Voluntários para os Jogos de Pyeongchang ficar operacional, cerca de dois antes do início dos jogos, a capacidade e a largura de banda da nuvem será novamente aumentada, para dar resposta à enorme procura de pedidos de voluntariado num período muito curto de tempo.

 

Jean-Benoît Gauthier do IOC refere: “A entrega de uma cloud segura e de uma infra-estrutura de TI de suporte à totalidade dos Jogos Olímpicos de 2018 é um enorme marco na nossa transformação digital. Esta cloud é perfeita para os jogos, e nós estamos muito satisfeitos de estar a trabalhar com este nosso parceiro de TI de escala mundial, de longa data, neste projecto tão importante, que irá beneficiar todos os que participarem nos jogos – media, atletas e espectadores".

 

Patrick Adiba, Group Chief Commercial Officer, CEO de Grandes Eventos na Atos, disse: “Como é comum em muitos negócios, a mudança para a cloud traz muitos benefícios para os Jogos Olímpicos. Liberta-nos da necessidade de ter de reconstruir toda uma nova infra-estrutura para cada edição dos Jogos, o que é muito moroso e caro. Também ajuda a equipa de TI a ser mais reactiva e a antecipar novas necessidades e talvez o mais importante, é que providencia maior flexibilidade. Como os jogos não exigem que trabalhe na sua máxima capacidade a todos os momentos, a infra-estrutura vai proporcionar que a capacidade de computação varie entre altos e baixos, para que vá ao encontro das exigências da procura, garantindo assim a melhor experiência possível para os utilizadores.”

 

Marta Sanfeliu Ribot, General Manager para as Olimpíadas na Atos, comenta: “A nova infra-estrutura da cloud desenvolvida com a inovadora tecnologia da EMC está a ajudar a mudar a TI dos Jogos Olímpicos, assim como de todos os nossos clientes. Ao trabalhar com a EMC ficamos automaticamente num patamar que nos permite garantir infra-estruturas de cloud seguras na actual era digital em que vivemos.”

 

Gard Little da IDC, o fornecedor global de Inteligência de Mercado para mercados de informação tecnológica, menciona: “Para a Atos, apresentar soluções de sucesso, em projectos com tão alta visibilidade irá certamente conduzi-los a outras iniciativas de grande dimensão de integração de sistemas, complexos e com elevados padrões de segurança. A IDC acredita que assim que se avaliar a dimensão daquilo que a Atos criou para as Olimpíadas, que esta passará a ser reconhecida também como um integrador de sistemas, para além de um importante player em serviços digitais.”

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 19 Maio 2019

IT INSIGHT Nº 19 Maio 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.