Abreu Advogados quer alterar o paradigma tecnológico do setor legal

A primeira fase do Challenge da Abreu Advogados, promovido pela Aliança Portuguesa de Blockchain, dedicado a Smart Contracts, foi encerrada no dia 25 de maio

Abreu Advogados quer alterar o paradigma tecnológico do setor legal

Os projetos qualificados para a segunda fase do Challenge promovido pela Abreu Advogados apresentam soluções distintas para a proposta de desafio apresentada: por um lado, é sugerida a criação de contratos capazes de suportar novos modelos de utilização; por outro, o desenvolvimento de um conjunto completo de registos imutáveis e verificáveis que podem ser acedidos por organizações e indivíduos e que contemple a criação de documentos, assim como a sua gestão, revisão, publicação, arquivo, pesquisa, entre outros.

“Portugal tem talento e isso ficou provado com as várias propostas recebidas neste e noutros Challenges lançados no site da Aliança”, explica Rui Serapicos da Aliança Portuguesa de Blockchain. “O Abreu Advogados Smart Contract Challenge recebeu propostas de qualidade e que correspondem aquilo que se esperava: soluções com um enorme potencial tecnológico e de negócio e com boas bases para passarem da teoria à prática”.

Este tipo de soluções surge na linha do que temos assistido nos últimos anos: a incorporação em contratos tradicionais e processos legais de novas tecnologias e abordagens (como ledgers on-demand distribuídos (incluindo Blockchain), inteligência artificial ou automação). Isto significa que novos modelos de utilização contratual estão a ser desenvolvidos para que as relações contratuais estáticas deem lugar a subscrições dinâmicas e outros modelos relacionais, o que leva a que estes modelos requeiram também um novo enquadramento de serviços contratuais.

A combinação destas tendências abre uma oportunidade para o desenvolvimento de serviços baseados em smart contracts (ou "contratos paramétricos").

“Sabemos que a tecnologia Blockchain pode mudar o mundo e que a área da advocacia não será exceção. É preciso que a advocacia portuguesa se posicione para esse futuro“, afirma Armando Martins Ferreira, sócio da Abreu Advogados. “Das várias propostas submetidas, recebemos ideias muito interessantes e acreditamos que as propostas que passam à próxima fase têm um enorme potencial”.

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 13 Maio 2018

IT INSIGHT Nº 13 Maio 2018

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.