A IT Insight é Media Partner da DSPA Insights 2019

“Entendemos ser muito importante criar um palco para se debater os temas de maior interesse em torno do data science”

A DSPA Insights volta nos dias 19 e 20 de setembro para debater temas relacionados com data science. Este ano, irá realizar-se na Nova SBE, em Carcavelos

“Entendemos ser muito importante criar um palco para se debater os temas de maior interesse em torno do data science”

Guilherme Ramos Pereira, Diretor Executivo da DSPA (Data Science Portuguese Association) explica o que é possível esperar da Insights, a conferência anual da associação que se foca em temas importantes e atuais do data science.

De forma simples, o que é data science?

Servindo-me de uma definição à que recentemente recorri para uma apresentação numa conferência, a ‘Ciência dos Dados’ é um campo cientifico amplo, que envolve matemática, estatística e ciências computacionais, e que se refere a processos coletivos, teorias, conceitos, ferramentas e tecnologias que permitem a revisão, a análise e a extração de informação e conhecimento valioso a partir de dados para suportar processos de tomada de decisão, transformar e inovar cadeias de produção e desenvolvimento de produtos e serviços, analisar padrões e tendências, desenvolver análises preditivas ou prescritivas,... tão simples quanto isto. Sendo que, como nota adicional, importa dizer que a ciência dos dados já existe há variadíssimas décadas, tendo, porém, ganho muito mais destaque nos últimos anos em resultado do aparecimento e ‘democratização’ do Big Data e do desenvolvimento de áreas como machine learning.

O que é a DSPA Insights?

A conferência DSPA Insights nasceu em setembro do ano passado, com a sua 1.ª edição a decorrer seis meses apenas após a fundação e lançamento da DSPA, com o objetivo imediato de apresentar a associação aos stakeholders da indústria do Data Science e a toda a sociedade e agentes económicos, públicos e privados.

Paralelamente, face à missão e objetivos da associação, e à ambição que temos de desenvolver a nossa comunidade, e ainda aos desafios e obstáculos existentes ao desenvolvimento de uma área de atividade tão abrangente em termos de relevância, impacto e criticidade na sociedade e na economia, entendemos ser muito importante criar um ‘palco’ aberto a todos para se apresentarem, debaterem e discutirem os temas de maior importância e interesse – especifico e/ou comum – em torno do data science, da inteligência artificial, do machine learning, do analytics e do business intelligence, entre tantos outros.

Quais são os grandes objetivos desta conferência?

A Insights pretende assumir-se como um espaço de referência do ecossistema e da indústria do data science e da inteligência artificial, não apenas no panorama nacional, mas também com a ambição de fazer parte do calendário anual internacional dos grandes eventos destas áreas, permitindo aos nossos stakeholders chegar mais longe e captando a atenção internacional para o que de melhor temos e desenvolvemos nestes domínios.

É com estes objetivos em mente que voltamos este ano a apostar num programa muito intenso de dois dias, com intervenções de keynotes de referência, nacionais e de outras geografias, com apresentações de empresas que nos contarão o que de melhor têm desenvolvido e inovado para os seus clientes, de diferentes áreas e setores de atividade, e com líderes e gestores de referência que convidámos a partilhar e a debater as suas perspetivas e visões das organizações que representam quanto à vertiginosa transformação de modelos de gestão e de negócio, e dos processos, que temos vindo a observar, os impactos que a mesma tem causado e as soluções que vindo a ser implementadas.

Que temas vão ser abordados e qual a sua importância para as áreas de data science?

São muitos e de âmbito muito diverso: como exemplos que podemos já adiantar, a relevância dos dados na economia da saúde, a forma como são tratados os dados no domínio da economia comportamental, os dados enquanto asset mais relevante no setor da banca e a transformação que se tem observado com o aparecimento de modelos de negócio absolutamente disruptivos, a complexidade científica na era do big data, o tema digital ethics, que tem vindo a ser referenciado globalmente com um dos mais hot topics no domínio do data science e da inteligência artificial, o tema da operacionalização de soluções nas organizações, a inteligência artificial ao serviço da transformação industrial, e o tema da ‘urgência’ de formar, qualificar, requalificar e certificar recursos que sirvam o desenvolvimento destas áreas nas dimensões quantitativa e qualitativa, entre diversos outros. Como pano de fundo, ou como síntese, diria que teremos a literacia e a cultura dos dados e a experiência no seu tratamento como o grande tema da conferência, acompanhando de forma transversal todo o Programa.

Quem são os oradores que vão estar presentes na edição deste ano?

Porque estamos ainda em processo de confirmação de alguns oradores nacionais e internacionais diretamente convidados pela DSPA e também pelo conjunto de empresas que se associaram ao evento na qualidade de sponsor, sem as quais a Insights não poderia ter a dimensão que tem, importa realçar, optamos por não divulgar ainda os oradores da conferência – mas fá-lo-emos muito brevemente. Os oradores, mais de 30, com quem temos vindo a falar e a confirmar, trarão, sem qualquer margem de dúvida, muita informação, conhecimento e experiência baseados e desenvolvidos nas suas atividades para inspirar a audiência multidisciplinar que à imagem a edição de 2018 teremos, composta por representantes do mundo académico, estudantes e docentes, e investigadores, profissionais e practitioners da indústria, representantes de organizações institucionais, públicas e privadas, e líderes de pequenas, médias e grandes empresas de todos os setores de atividade.

Quais serão as novidades para a conferência deste ano, quando comparado com 2018?

A principal novidade prende-se na verdade com o nível de adesão que a DSPA tem vindo a sentir por parte dos principais stakeholders do Data Science. Sendo certo que há um ano ainda não tínhamos a possibilidade de chegar a tantas pessoas e organizações, tanto as que se situam do lado da formação e da oferta como as que compõem o lado da procura de soluções e serviços, a tantos estudantes e profissionais, practitioners e investigadores, a tantas entidades públicas de todo o tipo de natureza e âmbito de atuação, e a tantas instituições académicas e até mesmo Cidades, a DSPA Insights 2019, considerando o painel de oradores, de temas e de casos de uso aos que dará palco, e ao networking que temos consciência que potencia, inspira-se claramente no grande sucesso que foi a edição de 2018 para basear a ainda maior ambição que a DSPA tem para a edição deste ano.

 

A IT Insight é Media Partner da DSPA Insights 2019

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 20 Julho 2019

IT INSIGHT Nº 20 Julho 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.