Mercado tecnológico prevê cenário de estabilização em 2023

De acordo com os especialistas da GfK, 2022 foi marcado pela desacelaração do consumo de tecnologia

Mercado tecnológico prevê cenário de estabilização em 2023

Depois do elevado consumo tecnológico resultante dos confinamentos e de um ano marcado pela sua desaceleração, as expectativas são hoje mais positivas e anteveem um cenário de recuperação e estabilização deste mercado. As conclusões são dos especialistas da GfK, que avaliaram os resultados e os desenvolvimentos globais das Tecnologias e Bens de Consumo Duráveis (TCG) em 2022, fazendo uma antevisão do que esperar em 2023 para este tipo de produtos. 

Os dados indicam que 2021 teve resultados de vendas record em TCG, sobretudo na Europa e em países desenvolvidos da Ásia, mas que, contrariamente, 2022 ficou marcado pelos efeitos de saturação do mercado. À tendência de desaceleração do mercado junta-se a inflação e as conjunturas político-económicas, como a guerra na Ucrânia e o impacto da estratégia de covid-zero na China. 

Ainda assim, a contínua aposta das marcas no desempenho dos produtos e a importância dada pelos consumidores ao custo-benefício na hora de comprar, são as principais razões que levam os especialistas da GfK a apontar para uma recuperação e estabilização de mercado em 2023. 

Os especialistas calculam que a necessidade de trocar de equipamentos adquiridos no início da pandemia, sobretudo telemóveis, assim como o contínuo crescimento dos mercados dos países asiáticos emergentes e do Médio Oriente, a par com a recuperação económica da China, são outros fatores que sustentam as previsões dos especialistas.

Os dados da GfK revelam, ainda, que as prioridades do consumidor mudaram no terceiro trimestre do ano passado, sobretudo devido à inflação dos preços. Há agora mais consumidores a adquirir TCG pela necessidade de substituição de um produto e menos 1,4% de consumidores a atualizar produtos ainda funcionais. A este facto junta-se a procura por produtos mais baratos, quer no segmento básico quer no premium. 

Na análise global ao volume de negócios por mercados mundiais, numa comparação entre outubro de 2021 e o mesmo mês em 2022, os resultados de vendas de Tecnologias e Bens de Consumo Duráveis têm uma taxa de crescimento negativa na Europa Ocidental (-12%), de Leste (-7%), nos países asiáticos desenvolvidos (-13%) e na América Latina (-7%). 

Apesar de contrastarem com os resultados positivos oriundos - principalmente dos países asiáticos emergentes (excluindo a China), que tiveram um crescimento de 13%, do Médio Oriente e de África, que cresceram 0,1%, - não compensam o desenvolvimento negativo noutros mercados.

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 41 Janeiro 2023

IT INSIGHT Nº 41 Janeiro 2023

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.