Licenças comerciais entre os EUA e a China avaliadas em milhares de milhões

Entre novembro e abril foram aprovadas 113 licenças de exportação no valor de 61 mil milhões de dólares com a Huawei e outras 188 licenças avaliadas em quase 42 mil milhões de dólares para a SMIC

Licenças comerciais entre os EUA e a China avaliadas em milhares de milhões
 

A guerra fria entre os EUA e a China continua. Mesmo com inúmeras sanções e uma lista negra comercial, as licenças entre as chinesas Huawei e a fabricante de chips SMIC e os norte-americanos chegaram a milhares de milhões de dólares de novembro a abril, revelam documentos divulgados pelo Congresso. 

Segundo os documentos, obtidos pela Reuters, foram aprovadas 113 licenças de exportação no valor de 61 mil milhões de dólares para os fornecedores enviarem produtos para a Huawei enquanto outras 188 licenças avaliadas em quase 42 mil milhões de dólares foram para a SMIC. Além disso, os dados mostram ainda que mais de 9 em cada 10 pedidos de licença foram concedidos a fornecedores SMIC, enquanto 69% dos pedidos de envio para a Huawei foram aprovados no mesmo período.

Os números dos Departamento do Comércio não foram bem recebidos pelos norte-americanos, que se têm vindo a esforçar para privar as empresas chinesas de acesso a tecnologia avançada dos EUA. O senador republicano Marco Rubio disse à Reuters que acha que Joe Biden precisa de explicar porque é que as empresas continuaram a receber carta branca para comercializar com os chineses. "É apenas mais um exemplo de que o Presidente Biden não leva a sério a ameaça económica e de segurança que o Partido Comunista Chinês representa", disse. O republicano Michael McCaul disse também, em comunicado, que "é claramente do nosso interesse nacional aumentar a transparência e o escrutínio público sobre como a nossa nação transfere a sua tecnologia para um adversário".

Contudo, é de notar que o Departamento de Comércio disse que a libertação de um resultado “arbitrário” das aprovações de licenças "corre o risco de politizar o processo de licenciamento e deturpar as determinações de segurança nacional" feitas pelo governo. Adicionalmente, realçaram que os pedidos de licença aprovados não representam os envios reais e que apenas cerca de metade das licenças são utilizadas. 

Esclareceu também que os pedidos de licença que envolvem a Huawei e a SMIC são processados no âmbito de políticas desenvolvidas pela administração Trump e mantidas pela administração Biden. Segundo noticiou a Reuters, durante a administração de Trump foram aprovados 87 mil milhões de dólares em licenças para a Huawei depois de ter sido publicada a lista negra. 

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 37 maio 2022

IT INSIGHT Nº 37 maio 2022

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.