Autoridade britânica da concorrência lança investigação aprofundada à Apple e Google

Em causa estão práticas de abuso de posição dominante nos browsers das grandes tecnológicas

Autoridade britânica da concorrência lança investigação aprofundada à Apple e Google

A britânica Competition and Markets Authority (CMA) lançou uma investigação aprofundada acerca da dominância dos browsers móveis da Apple e Google. A investigação foi lançada no seguimento de um inquérito lançado em junho que chamou à atenção da autoridade acerca dos browsers e sobre a possibilidade da Apple restringir o gaming na cloud através da sua app store.

Muitas empresas e web developers do Reino Unido disseram-nos que sentem que estão a limitados pelas restrições estabelecidas pela Apple e pela Google”, afirmou Sarah Cardell, interim chief executive da CMA. Pretendemos investigar se as preocupações que ouvimos são justificadas e, assim sendo, identificar medidas para melhorar a concorrência e a inovação nestes setores”, acrescentou.

Citada pela Reuters, a Google disse que o sistema operativo móvel Android deu aos utilizadores uma maior escolha de aplicações e lojas de aplicações. “Também permite que os developers escolham o browser que querem, e tem sido a rampa de lançamento para milhões de aplicações”, acrescentou um porta-voz. “Estamos empenhados em construir plataformas prósperas e abertas que capacitem os consumidores e ajudem os developers a construir negócios de sucesso”.

Já a Apple disse que iria envolver-se “construtivamente” com a CMA para explicar como a sua abordagem “promove a concorrência e a escolha, garantindo ao mesmo tempo que a privacidade e a segurança dos consumidores estão protegidas”.

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 40 Novembro 2022

IT INSIGHT Nº 40 Novembro 2022

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.