SAS expande compatibilidade com fornecedores de cloud

A SAS anunciou no passado dia 17 de maio, no âmbito do Virtual SAS Global Forum 2021, que plataforma SAS Viya é agora compatível, não apenas com Microsoft Azure, como também com Amazon Web Services e Google Cloud, bem como com a Red Hat OpenShift até final deste ano

SAS expande compatibilidade com fornecedores de cloud

Como parte integrante da sua parceria estratégica com a Microsoft, o SAS Viya foi lançado em novembro no Microsoft Azure. Adicionalmente SAS agora expande a sua compatibilidade com Amazon Web Services e Google Cloud, assim como com a Red Hat OpenShift ainda antes do final deste ano. 

Os analistas do setor esperam um crescimento significativo do mercado para as implementações de cloud pública do software de big data e analítica (BDA). No seu relatório Worldwide Big Data and Analytics Software Forecast, 2020–20241, a IDC diz que as implementações de cloud pública representaram 30,5% do mercado de software de big data y analytics (BDA) em 2019 e a previsão é que continuem a aumentar  a uma taxa de crescimento de 23,2% até 2024, ao contrário do software on-premise cuja previsão de crescimento é de -1,2%. Esta tendência de crescimento sugere que as organizações que adotarem esta tecnologia de maneira mais lenta poderão ter mais dificuldades para se manter à tona, em comparação com os primeiros utilizadores.

“Analítica na cloud é o que os nossos clientes desejam”, disse Jay Upchurch, CIO do SAS. “Estamos orgulhosos do nosso trabalho pioneiro com a Microsoft e da execução do SAS Viya em Azure, mas também respeitamos as decisões dos nossos clientes de optar por outros fornecedores  cloud. Desta forma, vamos ao encontro dos dados dos nossos clientes e estamos mais capacitados para os ajudar a obter o máximo proveito dos seus investimentos cloud e aspirações com a analítica de dados.” Upchurch acrescentou que o SAS Cloud corre no Microsoft Azure e obteve ano após ano um crescimento de 34% no primeiro trimestre de 2021. 

Especialistas como Ritu Jyoti antecipam uma maior expansão da cloud por parte do SAS porque é isso que o mercado impõe. “É evidente que o SAS está comprometido em apoiar as escolhas de cloud dos clientes. Expandir para a Amazon Web Services e para o Google Cloud faz com o que o SAS Viya esteja disponível para ainda mais utilizadores”, disse Jyoti, Program Vice President, Worldwide AI and Automation Research Practice na IDC.

 

Chatbot com tecnologia SAS ajuda vítimas de fraude

A enfrentar uma crescente procura por experiências digitais personalizadas e em tempo real, as organizações estão a voltar-se para os assistentes virtuais e chatbots para interagir com os consumidores através de novas maneiras, a qualquer hora. O SAS estabeleceu uma parceria com o Identity Theft Resource Center (ITRC) para desenvolver um assistente virtual personalizado para ajudar as vítimas de fraude. O assistente virtual foi desenvolvido com SAS Viya.

“Com os avanços na IA de conversação, os chatbots e assistentes digitais tornaram-se populares e estão a ser usados em muitos setores, como é o caso dos serviços financeiros, retalho e saúde”, disse Saurabh Gupta, Diretor Sénior de Dados e Análise do SAS. “Os chatbots com tecnologia SAS oferecem outra forma de interagir com todo o ecossistema SAS Viya, reunindo relatórios e visualização, analítica e IA através de um interface no-code de conversação para todos.”

A procura de apoio para vítimas de live-chat tem crescido continuamente desde que o ITRC iniciou o serviço em 2014, mas 2020 foi um ano diferente de todos os outros. 

“Vimos níveis record de fraude e roubo de identidade após a pandemia, que de repente atingiu todos os lugares, de uma só vez”, disse Eva Velasquez, CEO do ITRC. “No ano passado, atendemos mais de 11.000 pessoas somente através do nosso contact center e o nosso site teve 1,1 milhão de visitantes únicos. É um número impressionante de pessoas à procura de ajuda - e isto requer um tremendo esforço por parte dos nossos colaboradores… A ideia não é desconsiderá-los, mas antes apoiá-los no sentido de melhorar a experiência da vítima. Como podemos atender mais pessoas em tempo real? E como podemos fornecer mais rapidamente as informações que precisam para recuperar a sua identidade? ”

É aqui que ViViAN - abreviação de Virtual Victim Assistance Network - o novo chatbot do ITRC, desenvolvido em SAS ViYa, entra em ação.  

Os chatbots permitem que os humanos interajam com as máquinas através do natural language processing (PNL) e instantaneamente obtenham uma resposta humana e inteligente, adaptada ao utilizador. Usando regras linguísticas, machine learning e deep learning, os chatbots podem interpretar as complexidades da linguagem e melhorar a conversação entre humanos e máquinas. 

Estes recursos de conversational AI - ou chatbot - são incorporados no SAS Conversation Designer na plataforma cloud-native SAS Viya. O software oferece a capacidade de construir e configurar experiências de conversação humanas e aproveitar insights de dados para melhores decisões de negócio. 

O ViViAN nasceu de uma parceria de anos entre o ITRC e o SAS e foi apoiado por uma doação do Department of Justice’s Office of Victims of Crime. O processamento de linguagem natural é a “tecnologia humanizadora” por trás do desenvolvimento do chatbot.

“As pessoas vão continuar a precisar da experiência de um agente humano. Mas por termos trabalhado com vítimas de fraude, sabemos que é um grande alívio obter informação sobre a qual possa tomar ação, enquanto espera para falar com alguém”, diz Velásquez. “O ViViAN pode fornecer essas primeiras etapas, complementadas posteriormente por aquele consultor ao vivo que fará o acompanhamento e garantirá que a identidade é recuperada”, acrescenta.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 31 Maio 2021

IT INSIGHT Nº 31 Maio 2021

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.