SAS, DSPA e SPAIN AI lançam prémio Curiosity Data Science Awards

O SAS, a DSPA e a SPAIN AI lançaram o primeiro prémio ibérico de ciência de dados que tem candidaturas abertas até 31 de maio

SAS, DSPA e SPAIN AI lançam prémio Curiosity Data Science Awards

O SAS, a DSPA e a SPAIN AI anunciaram a primeira edição dos Curiosity Data Science Awards em Portugal e Espanha. O principal objetivo deste prémio é promover a ciência de dados e demonstrar o impacto positivo na vida das pessoas, organizações, sociedade e economia e reconhecer os cientistas de dados pela sua curiosidade e trabalho na resolução de problemas, bem como inspirar as novas gerações e fomentar a inovação na península. 

O evento de lançamento realizou-se em formato híbrido no dia 14 de abril com a participação dos representantes do SAS, Spain AI e DSPA, bem como das instituições académicas que integram o júri - Universidade de Deusto (Bilbao, Espanha) e Universidade de Lisboa. 

Os cientistas de dados são capazes de fazer coisas incríveis. Conseguem transformar dados de diversas fontes em inteligência que permite apoiar a tomada de decisões nas empresas, nas instituições públicas, na investigação científica e no mundo académico,” comenta Guilherme Ramos Pereira, Executive Director na DSPA. “A missão da DSPA passa por dar a conhecer as competências que têm vindo a ser desenvolvidas em Portugal e por esse motivo recebemos com
muito gosto o convite do SAS para lançar um prémio ibérico, que nos permitirá dar visibilidade internacional aos projetos inovadores que se fazem cá dentro
”. 

Segundo Ana Patrícia Gonçalves, Cientista de dados no SAS Portugal “os cientistas de dados são mentes curiosas por natureza. Estão sempre à procura de novas maneiras de explorar, analisar e aprender dos dados para dar respostas às preguntas que surgem nas organizações e no mundo”, explica. “No SAS somos conscientes que estes profissionais oferecem um contributo significativo para a melhoria das nossas sociedades e, portanto, este prémio é uma excelente oportunidade para reconhecer esses esforços. Como cientista de dados desafio os meus colegas a participar na iniciativa que, além de prémios, lhes dará o reconhecimento merecido pelo excelente trabalho que realizam todos os dias”, conclui.

Candidaturas abertas

Os Curiosity Data Science Awards vão premiar projetos realizados em 2020 no campo da ciência de dados. Os candidatos poderão apresentar as suas candidaturas até 31 de maio, tanto individualmente como em grupos de duas a quatro pessoas. Além disso, podem participar tanto profissionais ativos quanto estudantes.  

Participar na competição requer dois passos: registar-se na página web dos prémios, indicando os dados pessoais e o contato, e enviar para o formulário de inscrição preenchido junto com um vídeo curto de apresentação do projecto. A candidatura deve ser apresentada em inglês, devido ao caráter internacional dos prémios e do júri. 

O registo e envio da documentação é totalmente gratuito. Para serem selecionados, os projetos deverão ter sido realizados em Portugal ou Espanha, ou os participantes serem naturais de um dos dois países. 

Categorias dos prémios: 

  • Data4Good: melhorando a vida das pessoas. Isto inclui projetos com foco no âmbito social, ambiental ou público que tenham um impacto positivo nas pessoas. 
  • Data4Business: aumentando os resultados do negócio. Para projetos que proporcionam melhorias nos processos ou resultados de negócios. 
  • Data4Innovation: inovando em ciência de dados. São projetos que não têm lugar nas categorias anteriores ou que representam uma inovação tecnológica (desenvolvimentos de novas soluções de machine learning, inteligência artificial e ciência de dados). 

A organização entrará em contato com os candidatos pré-selecionados a partir de 31 de maio. Os vencedores serão anunciados numa gala especial que terá lugar em junho, onde se procederá à entrega de prémios.  

Prémios e júri 

O júri será composto por dois membros do SAS (um em representação de Portugal e outro em representação de Espanha), um membro da associação participante Spain AI, outro da associação participante DSPA e outros especialistas e instituições académicas, como a Universidade de Lisboa ou a Universidade de Deusto. Este júri escolherá dois vencedores para cada categoria: primeiro lugar ("Ouro") e segundo lugar ("Prata").

Tags
Notícias relacionadas

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 32 Julho 2021

IT INSIGHT Nº 32 Julho 2021

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.