Por que as empresas devem adotar uma jornada híbrida & multicloud

Por que as empresas devem adotar uma jornada híbrida & multicloud

“Deve uma empresa migrar para a cloud?” Atualmente, esta parece já não ser uma questão – a cloud é uma realidade para todas as organizações, um impulsionador da transformação dos negócios e da inovação digital

Assim, o principal desafio não é se, ou sequer quando, as empresas devem migrar para a cloud, mas, na verdade, quais são os modelos e a estratégia mais adequados a cada cenário.

Podem existir várias razões e diferentes opções ao avaliar parceiros tecnológicos para adotar uma estratégia de cloud, e às vezes, decidir que caminho seguir pode ser uma escolha difícil. No entanto, e de acordo com a IDC, até 2025, 55% das G2000 vão adotar plataformas multicloud para possibilitar a migração ativa entre hyperscalers, otimizar custos, reduzir dependências de fornecedores e melhorar a governança. Isto serve como um ponto de partida convincente para explorar as vantagens de adotar uma estratégia híbrida e multicloud.

Depois de muitos anos a trabalhar de perto com os nossos clientes, descobrimos algumas das razões mais importantes pelas quais preferem uma abordagem híbrida & multicloud:

1. Maior resiliência e menor latência

Uma das principais vantagens de adotar uma estratégia híbrida e multicloud é a resiliência melhorada que ela proporciona. As empresas são menos vulneráveis aos riscos de tempo de inatividade da infraestrutura associados a interrupções de um único fornecedor (local ou na cloud). Ao depender apenas de um fornecedor, as consequências das suas interrupções podem ser catastróficas para os negócios. Com uma abordagem multicloud ou híbrida, as empresas podem distribuir os seus serviços por diferentes fornecedores, reduzindo o impacto de tais incidentes.

Os ambientes multicloud permitem a distribuição geográfica e a redundância dos dados, reforçando ainda mais a resiliência. Aplicações e dados críticos são distribuídos em vários ambientes de cloud, garantindo que os serviços permanecem disponíveis mesmo perante eventos inesperados. Seja uma catástrofe natural ou uma interrupção de serviço localizada, um setup híbrido e multicloud garante que as operações continuam sem interrupções significativas.

2. Otimização de custos e requisitos de compliance

Reduzir custos enquanto mantêm o compliance é um desafio constante para as empresas. Uma estratégia híbrida e multicloud oferece uma solução eficaz: a alocação dinâmica de recursos permite que as empresas otimizem os investimentos em cloud, garantindo que pagam apenas pelo que utilizam. Esta flexibilidade permite escalar recursos para mais ou para menos com base nas necessidades reais, reduzindo, em última instância, as despesas de infraestrutura e operacionais.

Além disso, cumprir requisitos de compliance pode ser um desafio complexo e caro ao depender apenas de um provider. Diferentes fornecedores cloud podem destacar-se em áreas específicas de compliance, e uma abordagem multicloud permite que empresas tirar partido dos pontos fortes de cada um sem incorrer em despesas excessivas. As organizações podem encontrar um equilíbrio entre compliance e eficiência de custos, garantindo que operam dentro das fronteiras regulatórias necessárias e ainda permaneçam competitivas.

3. Evitar o “vendor lock-in”

A dependência de fornecedores pode ser uma preocupação significativa para as empresas que dependem de um único: trocar de fornecedor ou adotar novas tecnologias torna-se complicado e custoso. Uma estratégia híbrida e multicloud mitiga esse risco ao reduzir a dependência das empresas de um único fornecedor e permitir que as suas equipas utilizem uma tecnologia comum em todo o ecossistema.

Com vários fornecedores cloud à disposição, as empresas ganham mais flexibilidade, têm a liberdade de escolher os melhores serviços de diferentes fornecedores e evitam ficar presas ao ecossistema de um único. Esta flexibilidade estende-se  a escolhas de tecnologia e decisões de arquitetura, permitindo que mantenham o controlo, a liberdade e a escolha na criação da sua infraestrutura cloud.

4. Abordagem personalizada para repensar a estratégia de cloud

Uma abordagem única raramente funciona no cenário de negócios complexo de hoje – e uma estratégia híbrida e multicloud permite que as empresas adotem uma abordagem personalizada para atender a necessidades específicas. Podem alocar workloads para os fornecedores cloud que melhor se adequam às suas necessidades, seja devido a compliance, regulamentação, necessidades de desempenho ou considerações de custos.

A personalização e a flexibilidade são benefícios-chave de uma abordagem multicloud. À medida que a empresa evolui e as necessidades mudam, consegue  adaptar-se à estratégia de cloud da empresa, e esta adaptabilidade garante que permanece ágil e responsiva perante as necessidades de negócio em constante evolução. A consolidação e centralização, quando adequadas, podem ser integradas à estratégia, proporcionando uma abordagem equilibrada que combina as forças de diferentes cloud providers.

No cenário de negócios moderno, eficiência de custos, governance melhorado, resiliência e conformidade são preocupações primordiais. Uma estratégia híbrida e multicloud oferece um caminho que aborda estes desafios diretamente. Ao distribuir a infraestrutura entre vários fornecedores cloud, as empresas melhoram a resiliência, reduzem custos, evitam a dependência de fornecedores e beneficiam de uma abordagem personalizada para dar resposta aos seus requisitos de negócios únicos.

As organizações que adotam esta estratégia estão a posicionar-se para um futuro de sucesso num ambiente cada vez mais competitivo e dinâmico. É hora de embarcar na jornada híbrida e multicloud para otimizar custos, melhorar a governança e garantir o sucesso futuro dos negócios.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 48 Março 2024

IT INSIGHT Nº 48 Março 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.