Vendas mundiais de computadores desceram em 2018

Gartner estima que as vendas mundiais de computadores terão descido 4,3% no último trimestre do último ano e 1,3% em todo o ano de 2018. Instabilidade e falta de peças marcaram o ano

Vendas mundiais de computadores desceram em 2018

O mercado mundial de computadores vendeu um total de 68,6 milhões de unidades durante o último trimestre de 2018, um decréscimo de 4,3% em relação ao mesmo período do ano anterior.

De acordo com a Gartner, que elaborou o relatório, as vendas anuais ultrapassaram os 259,4 milhões de unidades que se traduziu numa diminuição de 1,3% em relação ao ano de 2017.

Segundo os analistas da organização, existia sinais de otimismo para 2018, mas a indústria foi afetada por duas tendências-chave. “No momento em que a procura no mercado de computadores começava a ver resultados positivos, a falta de CPU criou problemas na cadeia de valor”, explica Mikako Kitagawa, senior principal analyst na Gartner.

“Depois de dois trimestres de crescimento no 2Q18 e 3Q18, as vendas de PC diminuiu no quarto trimestre”, esclarece Kitagawa. “O impacto da falta de CPU afetou a capacidade dos vendedores para cumprir a procura pela atualização dos computadores empresariais. Esperamos que este problema seja resolvido durante 2019 à medida que a disponibilidade de CPU melhora”.

Para o quarto trimestre do último ano, a Lenovo foi a que mais vendeu atingindo uma quota de mercado de 24,2%. A HP Inc ficou na segunda posição, com 22,4% de quota de mercado e a fechar o pódio ficou a Dell, com 15,9%.

Em termos anuais, os três principais vendedores foram os mesmos, atingindo uma quota de mercado de 22,5%, 21,7% e 16,2%, respetivamente.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 18 Março 2019

IT INSIGHT Nº 18 Março 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.