ISQ quer aproximar PMEs e Indústria nacional do paradigma i4.0

O Grupo ISQ está a desenvolver, com o apoio do PT2020 (instrumento SIAC), um projeto que tem como principal missão a transferência de conhecimento científico e tecnológico sobre Sistemas Inteligentes de Monitorização (SIM) para o tecido industrial nacional (sobretudo PME), com incidência em três setores alvo tradicionais: Bens de Equipamento, Componentes e Agroalimentar

ISQ quer aproximar PMEs e Indústria nacional do paradigma i4.0

O principal objetivo do projeto  do Grupo ISQ é contribuir para acelerar a capacitação das PME para a adopção do paradigma i4.0, a partir da transferência de conhecimento, obtido no desenvolvimento de projetos de I&D nacionais e europeus. “Para além de melhorar o conhecimento das PME sobre os conceitos do paradigma i4.0, pretende-se que este projeto permita a aproximação entre as comunidades científica e industrial, através da demonstração em cenários industriais reais de resultados científicos e tecnológicos obtidos em ambiente controlado (laboratório), no decorrer de projetos de I&D”, explica Helena Gouveia, coordenadora do Projeto SIM4.0.

O SIM4.0 irá facultar ferramentas que permitirão reduzir as falhas de informação e conhecimento sobre a utilização de tecnologias digitais em indústrias tradicionais. Isto significa que “serão apresentados e demonstrados em cenários industriais distintos, exemplos práticos que visam mostrar o potencial da implementação de tecnologias avançadas (e.g., monitorização inteligente baseada em rede de sensores; análise de dados em tempo real; inteligência artificial), no aumento da eficácia, competitividade e sustentabilidade dos sistemas industriais portugueses”, comenta Octávio Lopes, assessor de Direção.

O projeto SIM4.0 contou com um investimento de 572.761,50€ e apresenta-se com a realização de workshops genéricos sobre os paradigmas e desafios industriais do séc. XXI, que visam sensibilizar a indústria em geral, seguindo-se depois sessões específicas nos três setores alvo do SIM4.0. A fim de melhor alicerçar os novos conhecimentos, serão desenvolvidas demonstrações nos três setores alvo, as quais serão, posteriormente, amplamente disseminadas juntamente com roadmaps tecnológicos que se pretende constituam também uma ferramenta de suporte à futura implementação de soluções de sistemas inteligentes de monitorização. Os workshops serão realizados a 13 de março em Castelo Branco; 14 de março em São João da Madeira; 15 de março em Évora.

Tags
Notícias relacionadas

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 13 Maio 2018

IT INSIGHT Nº 13 Maio 2018

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.