Envolvimento do CFO é vital para a estratégia digital, diz estudo da Accenture

De acordo com um recente estudo da Accenture, os Chief Financial Officers estão a desempenhar um papel fundamental na condução da rutura digital para toda a organização. Os CFOs atuais exercem mais do que apenas a função financeira, sendo agora parte integrante na orientação dos investimentos digitais e na gestão dos seus resultados económicos.

Envolvimento do CFO é vital para a estratégia digital, diz estudo da Accenture

O relatório “The CFO Reimagined: From Driving Value to Building the Digital Enterprise”  considera que os CFOs evoluíram além das suas funções financeiras tradicionais para áreas que têm consequências mais alargadas a toda a empresa. Mais de oito em cada 10 CFOs (81%) consideram a identificação e segmentação de novas oportunidades de geração de valor para a empresa como uma das suas responsabilidades principais. 77% acreditam que a condução da transformação operacional corporativa está entre as suas competências.

Steve Culp, senior managing director e global head de Finance & Risk na Accenture, afirma que o papel do CFO tem vindo a evoluir, de contabilista para parceiro e deste para consultor estratégico de toda a empresa, tornando-se o guardião económico dos resultados planeados para os investimentos digitais. Além disso, os CFOs estão rapidamente a tornar-se guardões digitais das suas organizações, alavancando a análise preditiva e a inteligência artificial (IA), de forma a melhor interpretar os dados de suporte para as principais tomadas de decisão do negócio, a melhorar a eficiência e a possibilitar uma estratégia além da função financeira.

 

CFO conduzem o Investimento Digital

Os CFOs surgem como impulsionadores da agenda digital, com 77% a direcionarem esforços para melhorar o desempenho através da adoção de tecnologia digital e outros 77% a explorarem a forma como as tecnologias disruptivas podem beneficiar toda a organização e ecossistema empresarial. Os CFOs não estão apenas a desempenhar melhor e mais rapidamente as suas funções através da automação, como também estão a conduzir cada vez mais a digitalização de outras funções e a descobrir novas formas de usar a tecnologia para alterar modelos de negócio e gerar novos fluxos de receita.

 

CFO: Coloque os seus dados em ordem

A lista de tarefas-padrão do CFO está a evoluir para funções de planeamento estratégico, consultoria e análise, à medida que os CFOs continuam a automatizar as tarefas mais rotineiras de contabilidade, controlo e compliance. A automatização deste trabalho financeiro está a permitir que a função financeira se foque em tarefas novas e mais desafiantes e está a reunir o C-suite para atuar em conceitos obtidos da análise de dados. Atualmente, 34% das tarefas financeiras são executadas de forma automatizada; em 2021, quase metade (45%) serão automatizadas.

A utilização de dados pelos CFOs está a expandir-se para outras áreas do negócio. Como resultado, vão necessitar de estar mais familiarizados com tecnologias transformadoras como a AI e analytics para introduzir a digitalização na maior parte da organização, criar novos modelos de negócio e desbloquear novos fluxos de receita.Os CFOs que evoluam para gerir estas oportunidades serão os verdadeiros guardiões da empresa, refere Dr. Christian Campagna, senior managing director da Accenture Strategy, CFO & Enterprise Value.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 17 Janeiro 2019

IT INSIGHT Nº 17 Janeiro 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.