Branded Content

EasyVista inaugura cloud management center em Portugal e aposta na inovação

A EasyVista Portugal inaugurou recentemente um Cloud Management Center (CMC) em Portugal, o terceiro em todo o mundo. A empresa está a apostar na gestão de serviço para conquistar ainda mais espaço no mercado português

EasyVista inaugura cloud management center em Portugal e aposta na inovação

A EasyVista elegeu portugal para instalar o seu terceiro CMC à escala global, juntando-se a Canadá e França. A unidade de Lisboa assegura a gestão e o acompanhamento dos clientes que adquirem soluções do fornecedor em modelo software-as-a-service (SaaS).

Ao todo, os CMC prestam apoio a mais de 350 clientes em todo o mundo. O CMC de Lisboa é liderado por Kevin Costa e tem, de momento, uma equipa de cinco pessoas, que deverá crescer nos próximos tempos.

“Ter recebido este CMC foi importante e posicionou-nos de uma forma diferente. Também representa uma grande vantagem para os nossos clientes, porque beneficiam desta proximidade ao CMC e da rapidez de resposta”, explica Paulo Magalhães, country manager. “Queremos dar todo o apoio ao CMC para que possa crescer em Portugal”.

 

Crescimento de 10% em portugal

Globalmente, a EasyVista reportou um aumento de 50% das receitas, ultrapassando os 18 milhões de euros, e um aumento da rentabilidade. Em Portugal, onde tem presença local há 11 anos, o fornecedor de software de gestão de serviço estima encerrar 2018 com um crescimento superior a 10%. “O aspeto mais diferenciador que os clientes têm salientado é o suporte local”, realça o country manager.

A EasyVista Portugal está também a crescer em número de novos clientes e no valor médio por projeto. Este ano a EasyVista Portugal conta com novas referências no seu portfólio de clientes, com destaque para a Galp e para a Vodacom, a maior operadora de telecomunicações de Moçambique, que pertence à Vodafone.

"Temos neste momento 120 clientes geridos pelo escritório de Portugal, essencialmente médias e grandes empresas, o que representa uma base instalada enorme", destaca Paulo Magalhães.

 

Aposta clara na gestão de serviço

A EasyVista não pretende ser vista como um fornecedor somente de IT Service Management (ITSM). “O nosso valor acrescentado é a gestão da relação entre quem pede serviço e quem o presta, seja qual for o serviço”.

A empresa está a apostar no Enterprise Service Management (ESM) e este tem sido um dos fatores que mais têm contribuído para que a EasyVista tenha vindo a crescer entre 10 a 20% ao ano na última década.

“Muitos dos nossos clientes que começam connosco na área do ITSM alargam a utilização do nosso software para outras áreas que não apenas o IT”, reforça o country manager. Em ESM, a prioridade é “aportar mais valor à gestão de serviço e ao utilizador final”.

 

Dar aos utilizadores o que estes procuram: Autonomia

A EV adquiriu em 2017 a Knowesia, de onde resultou um novo produto, o EasyVista Self Help, uma solução que permite dar autonomia aos utilizadores.

"Hoje não gerimos somente os incidentes – o desafio passa por solucionar os incidentes. A automatização e robotização são os temas em cima da mesa", sublinha Paulo Magalhães.

De acordo com o country manager, entre 20 a 30% dos incidentes que chegam à primeira linha do service desk são resets de password, um incidente não pode depender de uma interação com o IT, por motivos de eficiência e de custo.

“O Self Help veio permitir-nos dar aos utilizadores a capacidade de resolverem os seus próprios problemas. As novas gerações estão ainda mais interessadas neste tipo de soluções”.

 

Oxygen vem melhorar experiência de utilização

Um dos mais recentes lançamentos da EasyVista é a suite Oxygen, que vem assegurar que todos os produtos e versões estão alinhados em termos de user experience (UX) e integrados do ponto de vista da utilização. Com este desenvolvimento houve também lugar a uma transformação do produto mais tradicional, o EV Service Manager, tendo em vista um alinhamento com as tendências de UX.

“Continuará a manter as mesmas funcionalidades, até foram acrescentadas outras, permitindo que cada utilizador possa dizer quais as que pretende utilizar e ignorar as que não utiliza”.

Em suma, além de uma nova interface, a Oxgen traz novas funcionalidades no que diz respeito à gestão de serviço e assegurar que todos os produtos da EasyVista funcionam da mesma forma.

 

Branded Content co-produzido pela MediaNext para a EasyVista

 

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 19 Maio 2019

IT INSIGHT Nº 19 Maio 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.