Gartner: mais de 50% dos colaboradores insatisfeitos com CIO

Um recente estudo da Gartner apurou que menos de metade dos colaboradores sentem os os seus CIO estão conscientes das suas necessidades tecnológicas, bem como significativas discrepâncias interdepartamentais e inter-geracionais

Gartner: mais de 50% dos colaboradores insatisfeitos com CIO

À medida que muitos profissionais de IT desenvolvem as suas skills de tecnologia e as aplicam para avançar as suas carreiras, muitos profissionais em departamentos fora do IT sentem que o CIO está pouco ciente das suas necessidades tecnológicas. Um inquérito da Gartner determinou que menos de 50% dos colaboradores (dentro e fora do IT), acreditam que os seus CIOs estão cientes dos problemas tecnológicos que os afetam.

O inquérito descobriu também que mais profissionais europeus (58%) do que norte-americanos (41%) disseram que o seu CIO tem consciência dos seus desafios técnicos.

“Profissionais fora do IT não tendem a usar a help desk de IT como fonte principal de assistência, e têm menor probabilidade de acreditar no valor do IT para a sua organização,” referiu Whit Andrews, vice-president and destinguished analyst na Gartner. “Apenas um em cada cinco colaboradores fora do IT solicitam ao departamento de IT conselhos de boas práticas no uso de tecnologia.”

O estudo revelou também que os millenials tendem menos a contactar equipas de suporte de IT por meios convencionais. 53% dos millenials inquiridos fora de departamentos de IT disseram que uma das três primeiras tentativas de resolver um problema tecnológico é procurar uma resposta na internet.

Colaboradores fora do IT tendem, no geral, a expressar a sua insatisfação com as tecnologias fornecidas para o seu trabalho mais do que os profissionais de IT . Estes, por seu lado, tendem mais a expressar satisfação nesta área. Apenas 41% dos colaboradores fora do IT se sente muito ou completamente satisfeito com os seus dispositivos de trabalho, em comparação com os 59% dos profissionais de IT inquiridos.

 

Profissionais de IT sentem-se mais confiantes

Os profissionais de IT sentem-se mais confiantes com a tecnologia digital que os seu colegas fora do departamento: o inquérito determinou que 32% dos profissionais de IT se consideram especialistas nas tecnologias digitais que usam no local de trabalho, em comparação com os 7% dos trabalhadores fora do IT que deram a mesma resposta.

“Apesar de ser esperado que pessoas no IT se sintam mais confiantes com tecnologias digitais, estes resultados realçam o quão dificil é ajudar colaboradores fora do IT a sentir-se tão ágeis digitalmente quanto os profissionais de IT,” disse Andrews.

67% dos trabalhadores fora do IT sentem que a sua organização não toma partido das suas skills digitais.

As organizações com intenções de maturar e expandir os seus workplaces digitais descobrirão que expandir a destreza digital acelerará os seus esforços em toda a organização.”

 

Tecnologia digital satisfaz 72% dos trabalhadores digitais

Cerca de 3 em 4 trabalhadores digitais concordam ou moderadamente (48%) ou fortemente (24%) que a tecnologia digital que a sua organização lhes fornece os ajuda a fazer o seu trabalho.

Os tipos de aplicação mais utilizados pelos inquiridos foram as plataformas de instant messaging (58%), partilha de ferramentas (55%), e social media empresarial (52%).

Contudo, existem divergências significativas no local de trabalho:

“Millenials têm maior tendência do que trabalhadores digitais mais velhos a usar aplicações e dispositivos que não são disponibilizadas pela empresa, quer estes sejam tolerados ou não,” disse Andrews. “Têm também opiniões mais fortes sobre as ferramentas de colaboração que selecionam por si próprios. Têm maior tendência para indicar que deveriam ser autorizados a usar qualquer rede social que preferem para propósitos de trabalho.”

Adicionalmente, em relação à força laboral como um todo, uma maior proporção de millenials considera as aplicações que usam na sua vida social mais úteis que aquelas que lhes são fornecidas no trabalho. “O nosso estudo apurou qie 26% dos colaboradores entre os 18 e 24 anos de idade usam aplicações não-aprovadas para colaborar com outros trabalhadores, em comparação com os apenas 10% entre os 55 e os 74,” conclui Andrews.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 16 Novembro 2018

IT INSIGHT Nº 16 Novembro 2018

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.