BP e Schneider Electric assinam acordo para cinco anos

A Schneider Electric atuará como um dos principais fornecedores elétricos da BP, com o objetivo de impulsionar o valor, a inovação e a segurança nos novos projetos da empresa

BP e Schneider Electric assinam acordo para cinco anos

A BP elegeu a Schneider Electric como um dos seus principais fornecedores elétricos, através de um acordo-quadro global com a duração de cinco anos.

Segundo este acordo, a Schneider Electric fornecerá serviços de design e engenharia, incluindo otimização, gestão e integração de projetos, compras e gestão da cadeia de fornecimentos e apoio total em todas as fases, assim como um apoio integral em todas as fases para o Sistema de Distribuição Elétrica dos principais novos projetos da BP adjudicados à Schneider Electric.

“A nossa arquitetura e plataforma habilitada para IoT, o EcoStruxure, permite aos nossos clientes repensar as abordagens tradicionais no que toca ao design, implementação e operação dos seus ativos, para que possam chegar de forma mais rápida e segura à produção dos primeiros produtos”, afirmou Gary Freburger, Presidente de Process Automation da Schneider Electric. “Ao adotarmos uma visão da instalação centrada nos ativos, ao longo de todo o seu ciclo de vida, os nossos clientes podem impulsionar os investimentos iniciais de capital, de forma a aumentar a rentabilidade e o ROI quando a unidade começar a operar”.

Este acordo vem reforçar a colaboração entre a Schneider Electric e a BP, que trabalham juntas há vários anos. As duas empresas vão trabalhar novamente para reduzir os riscos e os custos e para aumentar a eficiência dos projetos, ao mesmo tempo que procuram impulsionar o valor, a inovação e a segurança.

“Ao utilizar uma plataforma de simulação comum e ao conetar o modelo virtual com os dados das operações em tempo real, ajudamos os clientes a fechar o ciclo entre o que foi projetado e o que está em operação”, afirma Freburger. “Esta abordagem permite-lhes identificar, compreender e mitigar os riscos operacionais e de negócio em todo o ciclo de vida dos seus ativos. Esperamos colaborar com a BP para otimizar as despesas totais ao longo do ciclo de vida – não apenas as CapEx e as OpEx – desde a engenharia e o desenho iniciais até às operações e, mesmo, até ao fim da vida útil dos ativos”.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 19 Maio 2019

IT INSIGHT Nº 19 Maio 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.